Publicidade

Estado de Minas

PCDF e Caesb realizam operação contra furto de água

No total, 12 residências estariam desviando o recurso do serviço de distribuição da companhia. Ação conjunta aconteceu em São Sebastião


postado em 17/01/2018 14:14 / atualizado em 17/01/2018 15:18

Ligações clandestinas eram feitas diretamente nos canos da Caesb(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Ligações clandestinas eram feitas diretamente nos canos da Caesb (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)


A Polícia Civil do Distrito Federal e a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) realizam operação conjunta para desativar captações irregulares em pontos específicos da cidade de São Sebastião. A ação aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (17/1). A suspeita, segundo a corporação, é de que 12 residências estariam furtando água da companhia. 


De acordo com informações preliminares, as ligações clandestinas eram feitas diretamente nos canos da Caesb. As residências abordadas não tinham hidrômetro. Algumas casas teriam sido, inclusive, notificadas em fiscalizações anteriores. Elas ficam localizadas em uma invasão da região administrativa, conhecida como Bairro São Francisco. 

Ao todo, oito policiais civis e 9 funcionários da Caesb. A multa para quem for flagrado realizando furto de água varia de R$ 1,6 mil a R$ 72 mil, a depender do uso dado ao recurso. Os moradores da região também podem solicitar a Caesb a regularização do abastecimento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade