Publicidade

Estado de Minas

Missa de sétimo dia de casal atropelado no Lago Norte será nesta quarta

Os corpos de Evaldo Augusto da Silva e Dulcineia Rosalino da Silva serão cremados


postado em 22/01/2018 14:03 / atualizado em 22/01/2018 14:58

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
 
 
O casal de idosos que morreu atropelado na noite da última quinta-feira (18/1), no Lago Norte, será homenageado na igreja Nossa Senhora do Lago. A missa de sétimo dia acontecerá na próxima quarta-feira (24/1), a partir das 20h. Os corpos de Evaldo Augusto da Silva, 75 anos, e Dulcineia Rosalino da Silva, 72 anos, serão cremados. 

 
A família das vítimas não informou sobre a data e o local de cremação do casal, mas afirmaram que a missa vai acontecer "com as cinzas". O Instituto de Medicina Legal (IML), da Polícia Civil do DF, liberou os restos mortais para realização de velório na manhã de sábado (20/1). A Polícia Civil ainda investiga o caso
 
A motorista Luciana Pupe Vieira, 46 anos, que colidiu com o casal, continua em coma induzido no hospital Santa Lúcia. O estado clínico da paciente ainda é crítico. Por decisão judicial, a servidora vai responder ao crime de homicídio em liberdade. A Polícia Civil começa a ouvir testemunhas do acidente nesta segunda-feira (22/1).
 

Relembre o caso

 
O veículo, uma Mitsubishi ASX, estava em alta velocidade quando atingiu o casal, que caminhava na altura da QI 10 do Lago Norte. Evaldo Augusto da Silva, 75, e Dulcineia Rosalino da Silva, 70, morreram na hora. Eles haviam acabado de comemorar 50 anos de casados. O atropelamento aconteceu por volta das 20h. 
 
Ver galeria . 13 Fotos Luis Nova/CB/D.A Press
(foto: Luis Nova/CB/D.A Press )
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade