Publicidade

Estado de Minas

Pode voltar a chover no Distrito Federal nesta quarta-feira, prevê Inmet

Possibilidade, entretanto, aumenta a partir de quinta-feira. Se a chuva cair hoje, o tempo interromperá um ciclo de sete dias com céu claro e umidade baixa


postado em 24/01/2018 09:03 / atualizado em 24/01/2018 11:37

Sol apareceu entre nuvens nas primeiras horas do dia(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Sol apareceu entre nuvens nas primeiras horas do dia (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 
A chuva pode, finalmente, voltar ao Distrito Federal nesta quarta-feira (24/1). A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica apenas possibilidade pequena de pancadas isoladas para esta tarde, e só deve chover continuamente a partir de quinta-feira (25/1). Entretanto, a mudança no tempo hoje já é suficiente para interromper um ciclo de sete dias de sol, seca, e nenhuma gota de água caindo do céu.


Diferentemente das manhãs ensolaradas, o céu amanheceu com algumas nuvens encobrindo o sol. Ao longo do dia, o tempo deve ficar ainda mais fechado.

Por isso, a umidade relativa do ar não deve cair para menos de 30% nesta quinta-feira, valor considerado baixo, mas acima dos 25% registrados na terça-feira. Durante a manhã, o índice ficou em 85%.

As temperaturas, porém, pouco mudam em relação aos dias mais quentes deste janeiro. A mínima registrada foi de 17°C, e o Inmet prevê máxima de 31°C.


Chuva deve acelerar alta dos reservatórios


Com os mananciais fluindo bem, a falta de chuvas não pôs fim à escalada dos níveis das duas principais barragens que abastecem o Distrito Federal. Assim, espera-se que a volta do tempo chuvoso acelere a alta nos volumes.

Na tarde de terça-feira (23/1), o nível do Santa Maria atingiu 33,9%. O Descoberto, por sua vez, chegou a 40,2%, volume considerável bastante satisfatório para o mês. Com a alta, a Caesb afirmou não descartar o fim do racionamento, que já dura mais de um ano.

Enquanto o rodízio no corte de água não termina, confira aqui as cidades sem abastecimento nesta quarta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade