Publicidade

Estado de Minas

Após uma semana quente e seca, chuva volta a cair no Distrito Federal

Segundo o Inmet, vai chover em todo o DF nesta quinta-feira. Tempo continuará chuvoso até, ao menos, 1° de fevereiro


postado em 25/01/2018 08:00 / atualizado em 25/01/2018 08:10

Chuva na madrugada formou poças: somente no Plano Piloto, choveu 8,8 milímetros(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Chuva na madrugada formou poças: somente no Plano Piloto, choveu 8,8 milímetros (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 
Após uma semana seca e quente, a chuva está de volta ao Distrito Federal. Ainda na madrugada desta quinta-feira (25/1), choveu em áreas como Brazlândia, Gama e o Plano Piloto. Quem gosta do tempo chuvoso pode comemorar: segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), vai chover no DF até, ao menos, o início de fevereiro.


A temperatura, no entanto, continua alta. A máxima prevista no Distrito Federal é de 30°C, possivelmente no início da tarde. "O sol vai aparecer com mais força no fim da manhã, mas logo depois o tempo fecha de novo e a chuva volta a cair", prevê o meteorologista Luiz Cavalcanti, do Inmet.

A umidade também volta a níveis aceitáveis. Enquanto o índice chegou a menos de 25% durante o veranico, o percentual mínimo previsto para esta tarde é de 50%. Durante as chuvas, o valor atinge 95%.

Os primeiros pingos depois do veranico caíram ainda na tarde de quarta-feira (24/1). As curtas pancadas de chuva foram suficiente para causar transtornos em Vicente Pires, região que vem sofrendo com alagamentos em períodos chuvosos.

Nenhum reservatório apresentou alta no último dia de veranico


Pela primeira vez em 2018, não houve alta no nível de nenhum dos dois principais reservatórios de água do Distrito Federal. De terça para quarta-feira (23 e 24/1), o volume útil das represas do Descoberto e Santa Maria estagnaram em 40,2% e 33,9%, respectivamente. 

A volta das chuvas, porém, deve acelerar o ritmo da recuperação das barragens. Caso a tendência de alta prossiga em níveis satisfatórios, a Caesb não descarta reavaliar o racionamento.

Veja aqui as cidades afetadas pelo rodízio no fornecimento de água nesta quinta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade