Publicidade

Estado de Minas

Elefante Babu morreu em decorrência de pancreatite aguda

O animal faleceu na primeira semana de janeiro. Desde então, a Fundação Jardim Zoológico de Brasília estudava a causa


postado em 29/01/2018 16:16 / atualizado em 29/01/2018 19:06

A instituição ainda estuda o surgimento da doença(foto: Luiz Filipe Carneiro Machado/Divulgação)
A instituição ainda estuda o surgimento da doença (foto: Luiz Filipe Carneiro Machado/Divulgação)
 
A causa da morte do elefante Babu, em 7 de janeiro, foi divulgada nesta segunda-feira (29/1) pela Fundação Jardim Zoológico de Brasília. Com 25 anos, o animal enfrentava uma pancreatite aguda. O diagnóstico da doença ocorreu por meio de exames feitos no momento da necropsia.

 
A instituição usa esforços, ainda, para descobrir como a enfermidade começou. Para tal, entrou em contato com o Parque Nacional Kruger, na África do Sul – local de origem de Babu e da companheira, Belinha. Também foi solicitada ajuda a centros de conservação de elefantes da Europa e dos Estados Unidos e enviada amostras de tecido para laboratórios de Brasília, Botucatu/SP e Belo Horizonte/MG.

O intuito do diálogo com as demais instituições é levantar dados sobre relações de parentescos nas manadas locais, além de encontrar outros casos semelhantes, considerando a possibilidade de fatores congênitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade