Publicidade

Estado de Minas

Volta às aulas no DF deixa trânsito intenso e estacionamentos lotados

A maioria das 500 escolas privadas do DF recomeçam as aulas nesta semana, e o número de carros deve dobrar. Pais podem aproveitar a hora de deixar os filhos para reforçar a importância do respeito ao trânsito


postado em 30/01/2018 06:00 / atualizado em 29/01/2018 22:24

Larissa Guerra levou Caio a pé para evitar o trânsito(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Larissa Guerra levou Caio a pé para evitar o trânsito (foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)


A retomada das aulas na rede particular de ensino significa, também, o recomeço do trânsito intenso nas ruas e nos estacionamentos em frente às mais de 500 escolas privadas no Distrito Federal. As escolas dão início às atividades do ano letivo de maneira gradativa e alguns dos pais que levaram os filhos às instituições de ensino ontem organizaram a agenda para evitar os congestionamentos. A Polícia Militar também deu início à Operação Volta às Aulas, como o objetivo de coibir crimes nas regiões próximas às unidades escolares e orientar os adultos sobre a travessia na faixa de pedestres.

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

A psicóloga Carolina Muffato, 41 anos, estacionou o carro em frente ao colégio na Asa Sul onde estuda o filho Carlos Alberto, 13, meia hora antes de ele sair do primeiro dia de aula no 8º ano. “Começo de ano é assim: até todo mundo se reorganizar, o trânsito fica complicado”, observou. Combinar caronas com outros pais ou mesmo com familiares que vivem perto das escolas pode ser uma solução. Gabriela, 5 anos, é a outra filha de Carolina. Para encaixar os trajetos na rotina e reforçar a convivência familiar, a avó da menina foi buscá-la ontem no colégio onde cursa a educação infantil, no Lago Sul. A tarefa, porém, exige organização. “Ainda temos que ajustar e combinar quem leva e quem busca nos próximos dias”, contou a psicóloga.

Além das infrações de trânsito, o maior fluxo nas proximidades das escolas atrai criminosos prestes a cometer furtos e roubos. Isso levou a Polícia Militar a iniciar, ontem, a Operação Volta às Aulas. O reforço termina no fim desta semana e recomeça entre 15 e 19 de fevereiro, quando a rede pública de ensino retoma as atividades. Ainda assim, o subcomandante do Comando de Policiamento Escolar, Arnaldo da Costa, assegura a continuidade dos trabalhos em áreas próximas aos estabelecimentos. “Neste primeiro momento, alertamos os pais sobre a travessia correta na faixa de pedestres e outros cuidados”, explicou.

Por causa da nova rotina, a advogada Larissa Guerra, 34 anos, vai aproveitar e ensinar o filho a atravessar corretamente na faixa de pedestres. A pé, ela levará, hoje, o filho Caio, 5, ao primeiro dia de aula em uma escola particular na 609 Sul, a menos de 1km da casa da família, na 410 Sul. “Além de evitar o trânsito, é bom que eu me movimento”, comentou a mãe.

Aprendizado no caminho

Para o diretor-geral do Departamento de Trânsito do DF (Detran), Silvain Fonseca, vale aproveitar os congestionamentos nas entradas das escolas para transmitir aos filhos uma virtude importante: a cortesia. “Os pais devem respeitar os lugares destinados às vans escolares e às vagas especiais. Além disso, não se deve jamais parar em fila dupla”, afirma. Segundo Fonseca, o número de veículos que trafegam pelo DF no período normal chega a 200 mil mensais, o dobro dos 100 mil estimados em época de férias. 

Volta gradual

Para evitar ainda mais trânsito e organizar melhor a acolhida aos novos e antigos alunos, as escolas particulares preferem dividir a retomada das aulas entre os segmentos da educação básica. A tendência é de que, a partir de quarta-feira, todas as turmas já tenham reiniciado as atividades.

Veja dicas para uma volta às aulas sem caos no trânsito:

» Chegue com antecedência para evitar correria e contratempos;
» Jamais pare em fila dupla ao deixar o filho;
» Caso a criança seja pequena, é importante acompanhá-la até a porta após estacionar o veículo em local adequado;
» Ao contratar serviço de transporte escolar, confira se a empresa segue todas as exigências do Detran;
» Combine caronas com outros familiares que possam ajudar no trajeto. Para isso, informe a escola previamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade