Publicidade

Estado de Minas

Trânsito é lento em várias pistas que cortam o Distrito Federal

A tendência é que o trânsito fique complicado em várias regiões, por conta da volta às aulas


postado em 30/01/2018 07:27


Com a volta às aulas, desde essa segunda-feira (30/1), os motoristas que trafegam nas principais pistas que cortam o Distrito Federal enfrentam trânsito mais lento do que o habitual. Nesta terça-feira (30/1), os condutores encontram dificuldade no tráfego em várias rodovias movimentadas, como a EPTG e a Estrutural. Há o registro de ao menos um acidente, até por volta das 7h.

Dois carros colidiram no viaduto Ayrton Senna. Segundo informações preliminares, um carro trafegava na contramão, ignorando o sentido único das pistas Sul e Norte da Estrutural. A motorista que seguia no sentido Plano Piloto tentou desviar, mas os dois carros acabaram batendo. Um deles caiu no barranco e ou outro ficou pendurado na margem da pista. Há relatos de que ao menos duas passageiras foram levadas ao hospital. As pessoas que conduziam os carros não precisaram de atendimento médico. Ao menos uma faixa da via permanecia interditada até por volta das7h.

Quem segue pela EPTG também precisa de paciência. O excesso de carros provoca lentidão no trânsito desde o centro de Taguatinga. Não há registro de acidentes. Quem sai do Recanto das Emas e Samambaia pela DF-001 em direção à EPNB e ao Pistão Sul também encontra retenção ao longo do trecho, por conta do excesso de carros.

A mesma situação ocorre na BR-070, via para quem deixa as cidades de Taguatinga e Ceilândia e algumas regiões do Entorno. Os motoristas também precisam de calma para trafegar pela BR-040, onde o trânsito também é pesado por conta do excesso de carros no sentido Plano Piloto. Na BR-020 também não há registros de acidentes, mas o acúmulo de veículos rumo ao centro da capital exige um pouco mais de tempo no trânsito.

Pais devem evitar congestionamentos

Uma reportagem do Correiopublicada hoje, mostra que a retomada das aulas na rede particular de ensino significa, também, o recomeço do trânsito intenso nas ruas e nos estacionamentos em frente às mais de 500 escolas privadas no Distrito Federal. As escolas dão início às atividades do ano letivo de maneira gradativa e alguns dos pais que levaram os filhos às instituições de ensino ontem organizaram a agenda para evitar os congestionamentos. A Polícia Militar também deu início à Operação Volta às Aulas, como o objetivo de coibir crimes nas regiões próximas às unidades escolares e orientar os adultos sobre a travessia na faixa de pedestres. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade