Publicidade

Estado de Minas

Bandidos assaltam loja na Asa Norte, ferem clientes e acabam presos

Bandidos renderam clientes das Lojas Americanas, na 505/506 Norte, e agrediram clientes com coronhadas. Após perseguição, a PM conseguiu deter o trio


postado em 30/01/2018 10:27 / atualizado em 30/01/2018 12:00

Por causa de agressões sofridas pelos assaltantes, quatro pessoas precisaram de atendimento médico(foto: CBMDF/Divulgação)
Por causa de agressões sofridas pelos assaltantes, quatro pessoas precisaram de atendimento médico (foto: CBMDF/Divulgação)
 
Os clientes das Lojas Americanas na 505/506 Norte viveram momentos de horror na noite de segunda-feira (29/1). Dois homens armados com um revólver .38, de 18 e 21 anos, invadiram o comércio e renderam funcionários e visitantes. Ao roubar celulares e outros objetos, os criminosos feriram quatro pessoas com coronhadas.

Após a ação, a dupla tentou fugir no carro de um terceiro acusado, um homem de 31 anos. A Polícia Militar, no entanto, flagrou o veículo na W3 após ser avisada pelas vítimas do assalto. Os policiais conseguiram deter o trio na 306/307 Norte. 


O trio deve responder por roubo e porte ilegal de arma. A 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) registrou a ocorrência e encaminhou os três à carceragem da Polícia Civil, no Setor Policial. Ao Correio, a assessoria de comunicação das Lojas Americanas informou que a empresa "está contribuindo com as autoridades para elucidação do caso". 


Feridos precisaram de atendimento médico


Por causa da violência dos bandidos, o Corpo de Bombeiros precisou atender as vítimas do assalto às Lojas Americanas. Um dos feridos relatou ter levado um chute no rosto, além das coronhadas.

Os bombeiros prestaram os primeiros socorros em frente ao local do crime. A ambulância da corporação transportou três vítimas ao Hospital Santa Helena, na Asa Norte. 

O outro ferido, um homem de 37 anos, contou aos bombeiros que chegou a desmaiar com as coronhadas. Ele telefonou para o pai, que o levou a um hospital não informado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade