Publicidade

Estado de Minas

Casal é rendido e assaltado por ladrões a mão armada no Lago Norte

O caso aconteceu na noite de terça-feira (30/1), às 23h24. A dupla fugiu com o carro de uma das vítimas, um Hyundai i30. A ocorrência assustou moradores da região


postado em 31/01/2018 14:01 / atualizado em 01/02/2018 16:47

Ladrões armados renderam casal depois que eles estacionaram carro(foto: Reprodução/Câmeras de Segurança)
Ladrões armados renderam casal depois que eles estacionaram carro (foto: Reprodução/Câmeras de Segurança)


Um assalto a um casal no Centro de Atividades (CA) 9 do Lago Norte assustou moradores da região e pessoas que frequentam o local. O roubo aconteceu na noite de terça-feira (30/1). Câmeras de segurança flagraram toda a ação. Um casal estacionou o carro em frente a um prédio da quadra. Ao sair do veículo, eles tentaram correr para o edifício San Giovanni, mas quando subiram a rampa em frente ao condomínio acabaram caindo no chão e foram rendidos por dois ladrões de capuz. Um deles, de baixa estatura, aparentava ser adolescente.

Tudo aconteceu às 23h24 de terça-feira. No momento da abordagem, um dos ladrões apontou a arma para o homem. Assustado, a vítima passou todos os pertences enquanto a mulher ficou caída no chão. O acompanhante dela ainda levantou as mãos em sinal de rendição. Depois o comparsa do ladrão também se aproximou. No vídeo aparece a vítima tirando todos os outros objetos do bolso e entregando aos assaltantes.

Logo depois, a dupla fugiu com o carro das vítimas, um Hyundai i30. O casal correu para dentro do prédio na tentativa de pedir ajuda. Uma moradora do edifício ouviu os gritos de socorro. A publicitária contou que ainda tentou chegar na janela, mas não conseguiu ver a ação. “Nossa área é muito escura e não tem policiamento. Só algumas blitzes de Lei Seca, mas nunca tem polícia ativa cuidando da área. Acaba sendo um prato cheio para esse tipo de coisa”, lamentou a mulher de 34 anos.

Ela ainda contou que na manhã de hoje, quarta-feira (31/1), comentou o caso com uma vizinha no elevador do condomínio e se assustou quando a outra moradora contou que seria o segundo caso. “Ela disse que na semana passada um motorista do Uber também foi assaltado no mesmo local e teve o carro levado. Ele também pediu ajuda no prédio e foi a minha vizinha quem socorreu”, explicou.
 
A Polícia Militar chegou ao local cerca de meia hora depois. A Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom) informou que a 9ªDelegacia de Polícia (Lago Norte) investiga o caso, mas até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.
  
Por e-mail, a Polícia Militar explicou que neste sábado (3/2) será inaugurada a sede do 24º Batalhão da PM na região. "Uma demanda antiga que agora será concretizada. Os índices na cidade são considerados estáveis e com o reforço do batalhão daremos uma resposta positiva com mais efetividade e diminuição dos índices", informou.
 
A corporação disse, ainda, que tem implantado ações na região para impedir ações criminosas, como o programa Rede de Vizinhos Protegidos. Segundo a corporação, o projeto capacita preventivamente os vizinhos por meio de cursos e palestras e estimula a comunicação por meio de aplicativos de mensagens entre a comunidade e a Polícia Militar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade