Publicidade

Estado de Minas

Metrô estenderá horário de pico para facilitar trânsito na volta para casa

Número de trens e de funcionários será reforçado para melhor atender a população do DF após o desabamento de parte do Eixão Sul


postado em 06/02/2018 17:00 / atualizado em 06/02/2018 17:08

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press )
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press )

 

Após o desabamento de parte de duas pistas no Eixão Sul, incidente que ocorreu na manhã desta terça-feira (6/2) e surpreendeu a todos na capital federal, o Metrô de Brasília resolveu estender o horário de pico dos trens até as 20h30. Isso significa que, ao invés de rodarem de 20 a 22 trens, número que vinha sendo empregado neste período de férias escolares, vão operar 23 trens hoje durante mais uma hora (normalmente o horário de pico do metrô é de 16h45 a 19h30).

A medida emergencial tomada pela empresa visa aumentar o número de opções para que a população possa chegar em casa mais facilmente, já que o desabamento provocou o fechamento do Eixão Sul.

O número de funcionários do Metrô também vai ser reforçado. Segundo a assessoria de imprensa da companhia, todas as bilheterias das estações Central e Galeria, que são as mais próximas do incidente, estarão com funcionários atendendo a demanda dos usuários. A empresa reconhece que geralmente nem todas as bilheterias funcionam em dias normais, pois funcionários precisam fazer outras atividades, como cadastrar o bilhete único, por exemplo, ou estão em horário de intervalo, mas hoje não haverá lacunas.

A extensão do horário de pico vai acontecer somente hoje, mas, se for preciso, a empresa não descarta a possibilidade de implantar a medida em outros dias.

Sair mais cedo

O desabamento fez com que o trânsito no Eixão fosse interrompido nos dois sentidos. O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) desviou o tráfego para os eixinhos leste e oeste. O trânsito continuará interditado por tempo indeterminado até que seja feito o conserto da via. A Defesa Civil orientou os órgãos públicos a liberar os servidores mais cedo para reduzir o trânsito no horário de pico.

Saiba mais sobre o desabamento aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade