Publicidade

Estado de Minas

Suspeito de assassinar o ciclista Arlon confessa o crime

Daniel Sousa de Andrade confessou o crime ontem à noite e disse que a vítima reagiu à abordagem. Polícia não acredita na versão


postado em 08/02/2018 11:41 / atualizado em 08/02/2018 14:26

Daniel Sousa de Andrade confessou o crime na noite de ontem (7)(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Daniel Sousa de Andrade confessou o crime na noite de ontem (7) (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)

 
Daniel Sousa de Andrade, preso na quarta-feira (7/2) pelo latrocínio de Arlon Fernando da Silva, confessou o crime à Polícia Civil do Distrito Federal no mesmo dia, por volta de 22h.  O jovem acusado do crime, também conhecido como Scooby, alegou que o doutorando de física da Universidade de Brasília (UnB) teria reagido ao assalto e, por isso, o atacou. O delegado-chefe da 5ª Delegacia de Polícia, Rogério Henrique Oliveira, não acredita na versão. 
  
Rogério Henrique conta que o acusado "disse que durante a ação, Arlon afirmou ser policial e que ele iria matá-lo. Para se defender, deu facadas no ar que, 'sem querer', pegaram na vítima".
 
O delegado-chefe explica o motivo de não acreditar na versão prestada por Daniel. “É muito comum, em crimes como esses, os autores confessarem como se também fossem vítimas. É uma tática para tentar eximir um pouco da culpa. Todavia, sabemos que as vítimas não têm culpa de nada”, salienta.
 
Na delegacia, Scooby também contou aos agentes que fazia programas na Rodoviária do Plano Piloto, atendendo homens que passavam na região. O delegado informou que conhecidos de Scooby o descrevem como uma pessoa “aficionada por roubos de bicicletas”.
 
Daniel possui outras três passagens pela polícia, todas nas proximidades do Museu do Índio. Ainda de acordo com Rogério, o suspeito não anunciava os assaltos, simplesmente ataca as vítimas. Se condenado, pode pegar mais de 30 anos.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade