Publicidade

Estado de Minas

Estação de metrô 110 Sul deve ficar pronta até o fim deste ano

As obras devem começar ainda esta semana e estão estimadas em cerca de R$ 20 milhões


postado em 15/02/2018 10:14 / atualizado em 15/02/2018 10:40

A construção deve custar cerca de R$ 20 milhões e ficará pronta em até oito meses(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A construção deve custar cerca de R$ 20 milhões e ficará pronta em até oito meses (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

 
A Asa Sul deve ganhar uma nova estação da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF). O novo ponto de embarque e desembarque será instalado na quadra 110. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, assinou a ordem de serviço para o início das obras na manhã desta quinta-feira (15/2). 

A construção deve custar cerca de R$ 20 milhões e ficará pronta em até oito meses. Além da da nova estação, serão implementadas passagens para pedestres sob os eixos W, L e Rodoviário, que ficarão prontas até o fim do contrato, que é de 15 meses. Após assinatura da ordem de serviço, as obras devem começar ainda esta semana. 

De acordo com Rollemberg, ainda serão construídas mais duas estações até o fim deste ano. "Estamos esperando para assinar a ordem de serviço das estações Cine Brasília (106 Sul) e Estrada Parque (Águas Claras)", disse. A estação da 106 deve ficar a cargo da Via Engenharia, empresa investigada por corrupção, informou nesta quinta-feira (15/2) o blog CB.Poder. 

O governador garante que há projetos para a expansão da linha de metrô para a Asa Norte e para instalação de mais pontos em Samambaia. "Estamos aguardando os recursos orçamentários. Há muitos anos o Metrô não recebia investimentos de ampliação e melhoria", reforça. 

O presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, afirma que a construção da estação 110 Sul é uma reivindicação  antiga da população. "São obras do estado e trabalhamos muito nesse projeto. Além disso, também começamos a contratação dos concursados", frisou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade