Seca afeta o famoso Lago das Medusas de Palau e prejudica vida marinha

A seca, agravada pelo fenômeno El Niño, afeta rios e represas, o que obrigou o governo a declarar estado de emergência e pedir ajuda a outros países

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/05/2016 06:49

Koror, Palau - A seca que afeta Palau está acabando com a vida marinha no famoso Lago das Medusas, afirmam os cientistas, o que obriga as operadoras de turismo a cancelar as excursões a este destino do Pacífico. O lago, próximo à capital, Koror, representava uma visita tranquila aos turistas, a maioria procedentes da China.

Mas a seca sem precedentes que afeta o país de 18 mil habitantes reduziu a população de medusas do lago de oito milhões para menos de 600 mil exemplares. Algumas operadoras de cruzeiros como a Sam's Tours afirmam que este número é otimista e que a população de medusas caiu a 300 mil unidades ou menos.

Leia mais notícias em Ciência & Saúde

A Sam's Tours não organiza mais visitas ao lago, uma das principais atrações turísticas de Palau. Quatro das cinco operadoras consultadas pela AFP deram a mesma informação. Palau recebe 160 mil visitantes estrangeiros a cada ano, mais da metade procedentes da China, e o turismo é a principal atividade econômica do país.

A seca, agravada pelo fenômeno El Niño, afeta rios e represas, o que obrigou o governo a declarar estado de emergência e pedir ajuda a outros países. A Fundação de Pesquisas da Barreira de Coral informou que a falta de água de chuva aumentou a salinidade do lago e matou o plâncton que alimentava as medusas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.