Astronautas dos EUA saem ao espaço para instalar novo atracadouro

A saída começou às 08h04 (09h04 de Brasília) quando Jeff Williams e Kate Rubins conectaram suas roupas especiais as suas baterias internas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/08/2016 12:58 / atualizado em 19/08/2016 13:07

Lizabeth Menzies/Nasa TV/AFP

Miami, Estados Unidos - Diante da previsão de chegada de mais naves privadas à Estação Espacial Internacional (ISS) nos próximos dois anos, dois astronautas americanos iniciaram nesta sexta-feira (19/8) uma saída ao espaço para instalar um sistema especial de atracação.

A saída começou às 08h04 (09h04 de Brasília) quando Jeff Williams e Kate Rubins conectaram suas roupas especiais as suas baterias internas. Pouco depois saíram do laboratório orbital para começar a instalar um adaptador de acoplamento internacional, levado pela nave de carga SpaceX Dragon no mês passado. A Nasa descreve o equipamento como "uma metafórica saída ao futuro" que permitirá que uma nova geração de aeronaves americanas - a primeira desde o fim do programa de transporte espacial em 2011 - leve astronautas à ISS.

O adaptador de acoplamento será o primeiro dos dois com os quais a estação contará. A instalação do segundo está prevista para 2018. O diretor de operações integradas da ISS, Kenneth Todd, classificou a instalação de sexta-feira como "um importante marco no caminho ao estabelecimento de capacidade comercial" da estação.

Leia mais notícias em Ciência e Saúde

Construído pela Boeing, o adaptador é uma espécie de anel de 1,6 metro de comprimento por um metro de largura, que servirá principalmente para o estacionamento dos CST-100 Starliner da Boeing e do Crew Dragon da SpaceX, duas naves especiais atualmente em construção que levarão os astronautas à ISS. O atracadouro é mais sofisticado que o equipamento anterior manejado pelos astronautas, já que permitirá o estacionamento automático das aeronaves. Também terá conexões que permitirão à ISS compartilhar energia e informação com a nave.
Tags: iss espaço eua
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.