Aquecimento global provoca migração de animais e é risco para espécies

Os investigadores acompanharam bichos e plantas da Ásia, da Europa, das américas do Norte e do Sul. Segundo eles, poucas áreas do planeta não foram afetadas pelo fenômeno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/01/2017 06:15 / atualizado em 03/01/2017 11:37

Cientistas têm alertado sobre a migração de animais para habitat mais frios em decorrência do aquecimento global. Agora, um levantamento divulgado, no mês passado, na revista Plos Biology mostra que as alterações climáticas estão causando o desaparecimento regional tanto de bicho quanto de outras espécies. Das 976 analisadas, entre animais (260) e plantas (716), 47% sofreram extinção local. Autor do estudo, John J. Wiens, da Universidade do Arizona, alerta que os números podem ficar ainda piores.

“Isso é algo que já aconteceu como resultado de uma mudança relativamente pequena no clima, a temperatura aumentou em média menos de 1ºC até agora. Estamos vislumbrando a probabilidade de um aumento de duas a cinco vezes no próximo século. Essas extinções locais mostram que as espécies não estão conseguindo mudar rápido o suficiente para lidar com essas mudanças. Essa é a grande implicação: mesmo uma pequena mudança na temperatura é demais para os animais”, disse, em comunicado.

Leia mais notícias em Ciência e Saúde

As espécies foram monitoradas pelo menos duas vezes: uma há cerca de 50 anos e novamente na última década. A equipe de Wiens percebeu que as extinções locais variaram conforme a região, mas, em geral, foram duas vezes mais comuns entre as espécies tropicais do que as existentes em áreas de clima mais temperado. A constatação preocupa porque a maioria dos animais e plantas vive nos trópicos. Os investigadores acompanharam bichos e plantas da Ásia, da Europa, das américas do Norte e do Sul. Segundo eles, poucas áreas do planeta não foram afetadas pelo fenômeno.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.