Cientistas descobrem novo órgão no corpo humano

O mesentério foi descoberto há séculos, mas apenas agora foi catalogado como um órgão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/01/2017 09:00 / atualizado em 04/01/2017 10:08

Um professor da Universidade de Limerick, na Irlanda, identificou uma área emergente da Ciência ao reclassificar parte do sistema digestivo dos seres humanos como um novo órgão: o mesentério. Ele fica no sistema digestivo, e saber seu funcionamento pode ajudar a tratar de problemas e doenças abdominais ainda sem solução. O novo órgão até tinha sido identificado anteriormente, mas os cientistas acreditavam que ele era composto de estruturas segmentadas. Agora ficou comprovado que se trata de um órgão só.

O cientista por trás do estudo descobriu que o mesentério deveria ser considerado um órgão específico em 2012, mas foram necessários mais 4 anos e muitas novas observações para isso ser oficializada.

Leia mais notícias em Ciência e Saúde

No entanto, a pesquisa realizada pelo professor de cirurgia graduado na UL Graduate Entry Medical Scholl, J.Calvin Coffey,  determinou que o mesentério é uma entidade coesa. A pesquisa tem premissas antigas: cientistas descobriram a natureza do mesentério por meio de exames de microscópio ainda em 2012, mas nos últimos anos as pesquisas têm considerado que ele tem função suficiente para ser considerado um órgão.

“No estudo, que foi revisado e avaliado, estamos dizendo que agora temos um órgão em nosso corpo que não tinha sido reconhecido como tal até então”, explica J. Calvin Coffrey, da Universidade de Limerick, na Irlanda, responsável pela pesquisa publicada no periódico The Lancet.

Segundo Coffrey, agora que todas as estruturas do novo órgão foram identificadas, a próxima etapa é descobrir a sua principal função. Sabendo disso, poderão ser identificadas possíveis doenças
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.