Anvisa aprova comercialização de primeiro remédio à base de maconha no país

Medicamento é usado no tratamento de sintomas relacionados à esclerose múltipla

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/01/2017 15:08

AFP / Brendan Smialowski


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, pela primeira vez, um medicamento à base de maconha no Brasil. O medicamento é indicado para o tratamento de espacitividade moderada a grave, (condição em que os músculos são rígidos e há incapacidade de os controlar), quadro relacionados à esclerose múltipla. Segundo a agência, o medicamento deve chegar ao mercado na forma de solução oral spray.

O remédio, que agora ganha o aval para ser vendido em farmácias, é o Mevatyl, e tem 27 g/ml de THC (tetrahidrocannabinol) e 25 mg/ml de CBD (canabidiol), substâncias derivadas da Cannabis sativa. De acordo com a agência, antes de receber aprovação por aqui, o medicamento já era comercializado em outros 28 países, incluindo Canadá, Estados Unidos, Alemanha, Dinamarca, Suécia, Suíça e Israel.      

Leia mais notícias em Ciência e Saúde

Conforme dados de estudos clínicos realizados com Mevatyl a ocorrência de dependência com o seu uso é improvável. O medicamento será comercializado com tarja preta, modelo que requer prescrição médica por meio de notificação de receita.

A aprovação do primeiro medicamento à base de maconha ocorre, pouco mais de um mês depois da Anvisa ter aprovado as regras para permitir o registro desses produtos do Brasil. Com o novo critério, a agência passou a autorizar o registro e comercialização de medicamentos com até 30 mg/ml de canabidiol.

Recomendações

O medicamento é recomendado apenas para pacientes adultos que não demonstraram resposta a outros medicamentos. O uso em crianças e adolescentes não é recomendado devido a ausência de dados de segurança e eficácia em pacientes menores de 18 anos.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.