Temperatura pode subir 0,3ºC por saída dos EUA do Acordo de Paris, diz ONU

Funcionários da ONU também sustentaram que a forma como havia sido estruturado o acordo requeria uma ação do governo em múltiplos níveis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/06/2017 11:36 / atualizado em 02/06/2017 13:27

Gene Blythe/AFP

 
Genebra, Suíça - A retirada dos Estados Unidos do Acordo de Paris sobre o clima pode, "no pior dos cenários", se traduzir em um aumento da temperatura do planeta de 0,3ºC no século XXI, estimou a ONU nesta sexta-feira.

O chefe do Departamento de Meio Ambiente e de Pesquisa Atmosférica da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Deon Terblanche, destacou que ainda é difícil avaliar o impacto provável que possa ter a decisão do presidente americano, Donald Trump. 

"Não elaboramos novos modelos esta noite, mas temos indicações segundo as quais, no pior dos cenários, isto poderia ser da ordem de 0,3ºC", declarou Terblanche aos jornalistas em Genebra, referindo-se a um possível aumento da temperatura do planeta em relação à média da era pré-industrial.

"É o pior cenário e provavelmente não é o que irá acontecer", afirmou. Funcionários da ONU também sustentaram que a forma como havia sido estruturado o acordo requeria uma ação do governo em múltiplos níveis, incluindo as autoridades municipais, regionais e federais.

Levando em conta que várias cidades e estados americanos anunciaram que continuarão apoiando o Acordo de Paris, é pouco provável que os Estados Unidos não apliquem nenhuma medida de luta contra a mudança climática.

Ainda vai levar muito tempo até que o mundo "realmente entenda as implicações" da saída dos Estados Unidos, considerou Terblanche.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.