Nobel de Química premia técnica de observação de biomoléculas

Vencedores do Prêmio Nobel de Química desenvolveram a criomicroscopia eletrônica, um método revolucionário de observação das moléculas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/10/2017 07:19 / atualizado em 04/10/2017 08:01

Jonathan Nackstrand/AFP
 
Estocolmo, Suécia - O suíço Jacques Dubochet, o americano Joachim Frank e o britânico Richard Henderson foram anunciados nesta quarta-feira (4/10) como os vencedores do Prêmio Nobel de Química pelo desenvolvimento da criomicroscopia eletrônica, um método revolucionário de observação das moléculas utilizando temperaturas muito baixas.
 
 
Graças a suas descobertas, "os cientistas podem agora (...) produzir estruturas tridimensionais de biomoléculas", explicou o júri. Ainda de acordo com o comitê do Nobel, os três cientistas foram premiados "por desenvolver a microscopia crio-eletrônica para a determinação de alta resolução das estruturas de biomoléculas em soluções".

Segundo o comitê, graças ao trabalho dos três laureados, logo será possível obter imagens dos complexos circuitos da vida em resolução atômica - isto é, com imagens que mostram objetos na escala de átomos. "A microscopia crio-eletrônica simplifica e aprimora a obtenção de imagens de biomoléculas. Esse método levou a bioquímica para uma nova era", afirmou o comitê do Nobel.
 
Com Agência Estado 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.