SIGA O
Correio Braziliense

Bancos querem ampliar crédito e especializam equipe de atendimento

De acordo com o especialista de crédito rural do Banco de Brasília (BRB), Osvaldo Racanicci Júnior, o homem do campo também precisa investir em gestão financeira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/05/2017 12:13 / atualizado em 16/05/2017 12:25

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press


A análise dos bancos é realmente rigorosa, se o produtor estiver sem a documentação necessária, não consegue acesso ao financiamento. Osvaldo Racanicci Júnior, especialista de crédito rural do Banco de Brasília (BRB), aponta que esse problema não é só dos bancos, pois as políticas públicas impõem barreiras sérias para o agricultor cumprir todas as normas e condicionantes.“Para tirar o crédito rural é preciso estar com as autorizações ambientais e trabalhistas em dia. E eles encontram muita dificuldade em renovar e tirar a documentação e ,se não cumprirmos as normas, o governo cobra”, afirma.



O especialista destacou que o homem do campo também precisa investir em gestão financeira, pois a falta de uma boa administração leva a uma inadimplência alta no setor. Ele lembrou que o interesse da instituição é ajudar o produtor e ampliar as linhas de financiamento. “O banco tem interesse em estimular os investimentos rurais para a produção, extrativismo não predatório, armazenamento, beneficiamento e industrialização dos produtos agropecuários”, assinalou. Ele afirmou ainda que o objetivo é incentivar a introdução de métodos racionais no sistema de produção, visando ao aumento do padrão de vida das populações e à adequada defesa do solo.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.