SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Toni Braxton, sucesso dos anos 1990, é tema de cinebiografia

A produção, intitulada 'Toni Braxton: Unbreak my heart', estreia em 26 de setembro no Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2016 07:31

	Lifetime/Divulgação


Longe do estrelato há alguns anos, a cantora Toni Braxton, 49 anos, se tornou notícia nos últimos dias após ter sido internada por conta de lúpus, doença que enfrenta desde 2010 e que a fez cancelar alguns shows nos Estados Unidos. “Estou me sentido bem melhor. Lúpus é uma droga, mas não será capaz de me derrubar. Os shows continuarão”, tranquilizou a artista pelas redes sociais. Coincidentemente, neste mesmo mês, a vida e a carreira da artista voltarão aos holofotes com o lançamento da cinebiografia Toni Braxton: Unbreak my heart, de direção do ator e cineasta Vondie Curtis-Hall, que chega ao Brasil em 26 de setembro, às 22h, no canal Lifetime.



A produção tem como foco a vida da artista, que começou a cantar no coral de uma igreja influenciada pelo pai, que era pastor. No fim dos anos 1980, ao lado das irmãs Traci, Trina, Towanda e Tamar, ela se lançou profissionalmente com o grupo The Braxtons, que chamou a atenção dos produtores musicais Antonio L.A. Reid e Kenneth “Babyface” Edmonds, responsáveis pelo lançamento de Toni como artista solo com um disco homônimo em 1993. O álbum foi bem recebido pela crítica e garantiu os três primeiros Grammys da carreira de Toni Braxton, que coleciona seis gramofones.

O longa-metragem, que leva o nome do maior hit da carreira de Toni Braxton, traz a novata atriz Lex Scott Davis, 25 anos, na pele da cantora. O filme tem sido apontado pela crítica internacional como o primeiro a mostrar a vida de Toni além dos muitos problemas de sua vida, que envolveram, o pedido de falência no início da carreira, as desavenças com as gravadoras, o polêmico divórcio, as descobertas da lúpus e de um problema no coração após um ataque cardíaco e até o anúncio de aposentadoria em 2013, que acabou não se concluindo.

História de luta


Em Toni Braxton: Unbreak my heart é destacada a luta da cantora para voltar ao mercado, mesmo tendo que lidar com suas doenças, com a criação do filho mais velho, diagnosticado com autismo e a mudança no cenário musical, que parece ter perdido de vez o espaço para o estilo diva que fez sucesso no passado com nomes como de Braxton, Mariah Carey, Whitney Houston e Celine Dion. Atualmente, a artista está em turnê pelos EUA com a Hits tour, em que relembra os sucessos que a consagraram nos anos 1990, como Spanish guitar, Breathe again e He wasn’t man enought. Os dois trabalhos mais recentes da artista são o álbum de duetos Love, marriage & divorce, produzido por Babyface, e o livro de memórias Unbreak my heart: A memoir, ambos de 2014.



Além da história de Toni Braxton, atuada por Lex Scott Davis, a cinebiografia reúne entrevistas com a própria cantora e seus familiares, os produtores Reid, Babyface e David Foster e a compositora Diane Warren. A produção ainda conta com os atores Debbi Morgan, Skye P. Marshall, Gavin Houston, Cortney Scott Wright, LaToya Franklyn e Tiffany Hines no elenco.

SERVIÇO
Toni Braxton: Unbreak my heart

Estreia em 26 de outubro, às 22h, no Lifetime.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.