SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Bruno e Marrone preferem apostar em regravações em show na capital

Em entrevista ao Correio, a dupla contou sobre o novo momento do sertanejo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2016 15:30 / atualizado em 25/10/2016 16:11

Correio Braziliense

Ana Morena/Divulgação


Uma das duplas mais importantes e influentes na música sertaneja reconhece que o estilo mudou. Poucos  minutos antes de subirem mais uma vez nos palcos de Brasília - já é a quinta apresentação no Distrito Federal neste ano -, Bruno e Marrone receberam o Correio em seu camarim e falaram sobre as transformações em dos gêneros mais tradicionais do Brasil.

"Os gostos mudaram e a gente tem que se adaptar ao mercado", acredita Bruno. O cantor, que foi um compositor bem ativo na década de 1990, afirma ter um certo medo de arriscar novamente na criação de músicas e admite que prefere apostar no que já foi sucesso nas vozes de outros artistas. O CD mais novo da dupla, por exemplo, traz clássicos eternizados por grandes ícones do MPB como Djavan e Caetano Veloso e abandona a veia compositora de Bruno. "Temos receio de apresentar algo novo e a galera não gostar, mas continuaremos colocando a essência Bruno e Marrone", completa.

Leia mais notícias em Diversão e Arte


Mas o medo de arriscar não permanece apenas na primeira voz da dupla. Marrone também revela que o projeto de cantar sozinho, sem a potência vocal de Bruno, foi engavetado após a aposta do clássico sertanejo 24 horas de amor, gravado no álbum Pela porta da frente. "Foi um momento único não preciso mais repetir", afirma contrariando à época quando admitiu que outros projetos como esse poderiam acontecer.

O show

Cerca de duas mil pessoas lotaram a boate Bamboa Brasil, no Setor Hípico, para acompanhar a apresentação da dupla no sábado (22/10). Diferentemente do anunciado, Bruno e Marrone não cantaram as músicas do último CD, mas preferiram relembrar os clássicos da dupla. “Podemos fazer um show diferente? A gente vai fazer um show especial pra vocês relembrarem o passado”, anunciou Bruno logo após a primeira música arrancando aplausos do público.

No meio da apresentação, o pedido de um fã surpreendeu a dupla. “Você quer propô-la em casamento? Então sobe aqui”, exclamou Bruno para a emoção do casal, especialmente da noiva, que não sabia se abraçava os cantores ou o futuro marido. O sim da moça foi encerrado com a música Quer casar comigo, sucesso de Bruno e Marrone, cantada especialmente para os recém-noivos.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade