SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

João Ferreira e Vinicius Vianna lançam hoje o disco 'Dois violões'

O show de lançamento será no Clube do Choro, no Eixo Monumental

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/11/2016 07:31

Irlam Rocha Lima

Pedro Matallo/Divulgação

João Ferreira e Vinicius Vianna se tornaram amigos em 2011, quando ambos eram alunos do Departamento de Música da Universidade de Brasília. De lá, saíram com o diploma de bacharel em violão erudito e licenciatura musical, respectivamente. Naquela época se juntaram num duo, fizeram algumas apresentações e, depois de um hiato, gravaram no ano passado o CD Dois violões.

O lançamento será hoje, às 21h, com show no Espaço Cultural do Choro. “Quisemos trazer para o CD a estética do violão brasileiro, tendo como referência os mestres Dilermando Reis, Baden Powell e Heitor Villa-Lobos, Raphael Rabello”, conta Vinicius. Para João, disco é o resultado do trabalho de dois compositores, “que mostram o violão como um instrumento de solo”.

No show, parte da programação do projeto Prata da Casa, desenvolvido pelo Clube do Choro, sozinhos em cena eles vão repassar todo o repertório do álbum, que traz 10 faixas. Pedro é autor dos temas Brouwer e Tem mais um; Vinicius compôs o baião Pra tudo dá certo e o choro Homenagem a Garoto. Em parceria fizeram Três irmãos, em homenagem a Clodo, Climério e Clésio; e Villa de Espanha, na qual fundem elementos da obra de Heitor Villa-Lobos e da música flamenca.

Vinicius justifica a escolha das composições alheias, incluídas em Dois violões: “Optamos por Pérolas, de Jacob do Bandolim, porque ela só muito bem no violão. Já Escoregando, de Ernesto Nazareth, é algo ligeiro, vivo, que o disco pedia; enquanto Choro de saudade, a gravamos por termos admiração pelo compositor erudito paraguaio Agustin Barrios; mas o fizemos abrasileirado”. Escapulindo e Sarau pra Radamés támbém estão no roteiro.

Músico há 12 anos, Vinicius integrou os grupos Choro Moleque, Pé na Tábua e ainda faz parte do Sai da Frente. Com esse último, há cinco anos comanda uma roda de choro, às quintas-feiras, no Mercado Municipal; e há oito anos, aos sábados, toca na roda de choro do Feitiço Mineiro, que tem à frente o cavaquinista Nelsinho Serra.

João é músico profissional desde a adolescência. Em 2012, a convite de Alexandre Carlos, passou a formar no Natirruts, com a qual costuma cumprir longas turnês. Quando sobra tempo, acompanha, o pai, Clodo Ferreira, em shows e gravações. “Com o Dois violões lançado, espero poder me dedicar um pouco mais ao projeto do duo, embora o Natirruts mantenha a agenda sempre cheia”.

João Ferreira e Vinicius Vianna
Show de lançamento do CD Dois violões hoje, às 21h, em show pelo projeto Prata da Casa, no Espaço Cultural do Choro (Eixo Monumental, ao lado do Centro de Convenções Ulysses Guimarães). Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia para estudantes). Não recomendado para menores de 14 anos. Informações: 3224-0599.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade