SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Kanye West cancela show no último minuto após nova polêmica

Cantor deveria participar do Fórum de Inglewood, no subúrbio de Los Angeles, mas apenas três horas antes os organizadores anunciaram pelo Twitter o cancelamento do espetáculo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/11/2016 22:41

AFP / Jewel SAMAD
 
 
O rapper americano Kanye West cancelou um show no domingo (20/11) no último minuto depois de uma nova polêmica, desta vez com a estrela do pop Beyoncé.
 
 
O cantor deveria participar do Fórum de Inglewood, no subúrbio de Los Angeles, mas apenas três horas antes os organizadores anunciaram pelo Twitter o cancelamento do espetáculo.

O dinheiro dos ingressos seria reembolsado aos espectadores, afirmaram.

Kanye West surpreendeu seu público na noite de sábado em um show em Sacramento, quando após cantar três músicas começou a fazer mais um de seus famosos e complicados discursos, segundo vídeos publicados nas redes sociais. O show já havia começado com uma hora e meia de atraso.

O rapper disse ter ficado "sentido" porque Beyoncé teria dito que não se apresentaria em um certo show, provavelmente na cerimônia dos Grammys, a menos que estivesse certa de que ganharia o prêmio de melhor vídeo do ano.

"Me mandaram aqui para dizer a minha verdade, inclusive mesmo que isso seja um risco para a minha vida, meu sucesso e para minha própria carreira", disse Kanye West.

E, dirigindo-se diretamente ao marido de Beyoncé, acrescentou: "Jay Z, me liga, você ainda não me ligou... Jay Z, sei que você tem matadores. Por favor, não peça a minha cabeça. Só me ligue. Fale comigo como homem".

Após lançar algumas outras frases em tom ameaçador à imprensa, o cantor tirou o microfone e saiu do palco. Indignado, o público começou a cantar "Kanye, vai se ferrar".

O marido da estrela de reality show Kim Kardashian já havia deixado seus fãs surpresos alguns dias antes, durante um show em San José, ao explicar que não havia votado nas eleições, mas se tivesse feito, escolheria Donald Trump.

No entanto, Kanye West participou juntamente com Beyoncé e Jay Z de vários eventos da campanha eleitoral de Hillary Clinton, em apoio à democrata.

Segundo West, a Presidência de Donald Trump poderia mudar as coisas, trazendo à tona ideias racistas.

"Se alguém é racista e se sente mais inspirado para dizer como se sente, está se mostrando", disse o rapper negro em San José.
 
Por France-Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade