Escritor Jander Gomez fala sobre relacionamento homoafetivo em nova obra

'Ponto cego' é o segundo livro da carreira do autor que será lançado no sábado (15/4)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/04/2017 16:00 / atualizado em 13/04/2017 16:05

Arquivo pessoal
 
O escritor Jander Gomez lança, neste sábado (15/4), o livro Ponto cego. Esse é o segundo trabalho do autor, que escreveu anteriormente RE+Começar. O novo livro, que é ambientado em Brasília e com alguns trechos narrados no Rio de janeiro, conta a história do artista plástico João Augusto dos Anjos, vindo do interior do Mato Grosso do Sul, que se casou com o estudante de jornalismo Mateus Costa e ganhou prestígio na capital com a escultura O homem cego.


A obra fala sobre política e relacionamento homoafetivo, que é o foco central da narrativa. Para Jander, existe uma grande carência de obras e personagens que dialogam com o público LGBT. “É importante para que as pessoas entendam que nossa realidade é tão comum quanto a delas. Somos pessoas que sofrem problemas reais, mas que uma grande parcela da sociedade não quer respeitar, pois acreditam que somos anormais", aponta o escritor.
 
Nascido em Terenos, município de Mato Grosso do Sul, Jander Gomez, 30 anos, tem suas origens no campo. Filho de trabalhadores rurais, ele conta que o fascínio pela literatura veio com a tia, que contava histórias cheias de aventuras para ele quando criança, e com o avô, que reunia a família após o jantar para conversar e contar causos. Já na escola entendeu que aquelas histórias faziam parte de um contexto maior. “Hoje, além de escrever, incentivo todos, a minha volta, a lerem para alguma criança ou contar histórias. A literatura mudou a minha vida para melhor. Abriu portas”, relata o autor.

A outra margem

Jander, assim como outros autores da capitão, estará presente na 4º edição de literatura independente e arte A outra margem promovido pelo  Ernesto Cafés Especiais. Estarão lá reunidos escritores locais, selos editoriais, artistas e ilustradores independentes. Além da presença dos autores, o evento promoverá  workshops gratuitos, muita música e uma feira de livros a preços especiais. O lançamento da obra Ponto cego é o grande destaque desta 4ª edição do evento que acontecerá em 15 de abril, a partir das 16h horas, com entrada franca e classificação indicativa livre. 
Editora Multifoco/Divulgação


Serviço
Lançamento da obra Ponto cego 
Ernesto Cafés Especiais (SCLS 115, Bloco “C”, loja 14). Sábado (15/4), às 20h. Sessão de autógrafos do livro do autor Jander Gomez. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Ponto Cego
De Jander Gomez. Editora Multifoco. 209 páginas. Preço: R$ 39,90.

*Estagiário sob supervisão de Vinícius Nader


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.