CCXP: Mister Brau discutirá temas como família e machismo em nova temporada

Em painel do evento, elenco revelou que Giulia Gam fará participação do seriado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/04/2017 16:14

Instagram/Reprodução
 
A terceira temporada do Mister Brau foi o tema do segundo painel do primeiro dia da Comic Con Tour Nordeste, que começou nesta quinta-feira (13) e segue até domingo (16), no Centro de Convenções em Olinda. "Sempre sonhei em participar da CCXP. Estou louco para circular. Essa é a minha primeira vez", comemorou Lázaro Ramos. Além do ator e intérprete de Brau, também participaram do painel Taís Araújo, Fernanda Freitas, Marcelo Flores e Kiko Mascarenhas.

A próxima fase de Mister Brau estreia na terça-feira (18), na Globo, após a novela A força do querer, mas o primeiro episódio já está disponível na plataforma Globo Play. A nova fase acompanhará uma mudança na vida do casal Michele e Brau, que vão adotar três filhos: Carlito (Sérgio Rufino), Egídio (Leonardo Lima) e Lia (Brunna Oliveira). A adaptação com a chegada das crianças é o fio condutor da narrativa, que segue abordando questões atuais, como adoção, preconceito, racismo, machismo e bullying.

Um dos episódios focará a questão do machismo, por exemplo. A temática foi um dos assuntos abordados no painel. "A gente tem tido uma mudança significativa, se reconhecer machista, tentar se livrar a um país machista, olhar na sociedade e companheiro e reconhecer o machismo. E mudar da maneira mais afetuosa possível. Entender que mudar o padrão é difícil e tem que ser didático", analisou Taís.

"Eu posso adiantar que a gente vai abordar muito o tema família. Primeiro porque eles adotam três crianças. E o pai de Michele aparece com a mãe do Brau. Além disso, Andrea e Henrique têm um filho. Essa temporada fica muito em cima da família", disse Taís, em entrevista ao Viver. "A gente tem um programa Os Brau, um show na Globo, que passa às terças ao vivo, dentro da nossa dramaturgia. A gente tem a série. Estamos usando duas linguagens diferentes", acrescentou a diretora Patrícia. Nesta temporada, Lázaro Ramos escreveu dois episódios. 

A série segue mais musical que nos anos anteriores. Com a carreira artística consolidada, Brau e Michele se lançam como apresentadores de TV. Os novos episódios contarão com participações musicais especiais, como Elza Soares, Marília Mendonça, MC Sophia, Liniker, Claudia Leitte e Pablo. 

A atriz Fernanda Montenegro fará mais uma participação na produção, que interpretará a mãe de Gomes (Kiko Mascarenhas), obstinada a casar o filho. Ainda entre as participações, a pernambucana Fabiana Karla fará uma participação. "Por mim, ela ficaria no elenco fixo", disse Lázaro Ramos. Lançada em 2015, a produção é escrita por Jorge Furtado e dirigida por Patrícia Pedrosa e Flávia Lacerda. Além de Fabiana Karla, o cantor e compositor Johnny Hooker também estará presente, a produção é dirigida por Flávia Lacerda e a obra é do núcleo do diretor de gênero Guel Arraes, ambos nascidos no estado.  


Momento geek

O elenco comentou a relação com o universo geek. "Nosso casamento começou a dar certo quando você começou a me acompanhar nesses filmes", disse Lázaro a Taís. "Não tem nada melhor que os X-Men. Adoro ver e ler quadrinhos. Vejo essas coisas na madrugada", complementou o ator. Kiko se declarou fã de The walking dead e Downton Abbey. Já Fernanda se mostrou próxima de Game of thrones. 

O seriado foi criado com a proposta de falar de pessoas que ascenderam por meio do trabalho a partir de uma família negra. “O debate do preconceito surgiu naturalmente e o próprio público foi pedindo outras temáticas. Acho que é um seriado que dialoga com o que o público quer. Através do humor, falamos sobre temas relevantes, como machismo, novos formatos de família e na temática social”, ressalta Lázaro, também em entrevista ao Viver. Para o ator, um dos pontos positivos da série é como o público se sente representado nele.
 

CCXP Tour


A Comic Con Experience Tour ocorre entre os dias 13 e 16 de abril, no Centro de Convenções, em Olinda. É a primeira edição da CCXP fora de São Paulo, onde já foram realizadas três edições do evento. Miguel Ángel Silvestre (Lito, de Sense8), Richard Speight Jr. (o arcanjo Gabriel, de Supernatural), Finn Jones (Loras Tyrell em Game of thrones e protagonista de Punho de Ferro), Tom Pelphrey (Punho de Ferro), Carlos Villagrán (Quico de Chaves), Kevin Sussman (Stuart de The Big Bang Theory), Claudia Wells (Jennifer Parker em De volta para o futuro), Rodolfo Valente e Vaneza Oliveira (Rafael Moreira e Joana Coelho de 3%), Diogo Vilela, o casal Taís Araújo e Lázaro Ramos, Vladmir Brichta (Bingo: O rei das manhãs), Brandon Flymn, Alisha Boe e Christian Navarro (13 reasons why) e o dublador Wendell Bezerra (Bob Esponja/Goku) são alguns convidados da maratona geek.

O evento promove a presença de cerca de 200 quadrinistas, sendo mais de 185 na Artists' Alley, durante os quatro dias. Os brasileiros Mauricio de Sousa, Mike Deodato (da Marvel Comics), Ivan Reis (DC Comics), Fábio Moon e Gabriel Bá (Dois irmãos), Adriana Melo (Doctor Who), Bianca Pinheiro (Bear) e Rafael Albuquerque (Vampiro americano) estão entre os nomes anunciados. Paul Pope (Batman: Ano 100), José Luiz García-López (responsável pelo primeiro Guia de estilo da DC Comics), Bill Sienkiewicz (Elektra assassina), Jock (Batman: Black mirror) e Glen Fabry (Preacher e Hellblazer) são alguns quadrinistas internacionais confirmados. Painéis com conteúdos exclusivos da Warner, Disney, Fox e outros estúdios também estão na programação.


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.