Após 20 anos da produção de Batman & Robin, diretor pede desculpas

Joel Schumacher reconheceu abertamente que se arrependeu de ter produzido o filme

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/06/2017 14:10 / atualizado em 14/06/2017 14:14

 Warner Bros/Divulgação

 
O filme Batman & Robin lançado em 1997 foi considerado um fracasso total na época, frustrando os fãs e recebendo diversas criticas negativas de quem assistiu. Vinte anos depois, o diretor Joel Schumacher reconheceu recentemente em entrevista ao site Vice, o fracasso do longa, pedindo desculpas aos fãs do morcego. 

“Olha, peço desculpas. Quero pedir desculpas a todos os fãs que ficaram desapontados porque acho que eu devo isso a eles”, declarou.

“Eu simplesmente sabia que não era necessário fazer uma sequência. Mas todos na Warner esperavam que eu fizesse um. Eu nunca planejei ser um rei dos blockbusters, porque os meus outros filmes eram muito menores e encontraram sucesso junto ao público e a crítica. E então, veio Batman e Robin e eu fui para a escória. Era como se eu tivesse assassinado um bebê”, conta.

As criticas atingiam a história dos personagens, como ela foi retratada, os figurinos e cenário. O filme foi o menos lucrativo do herói, sendo listado entre os piores filmes de super-heróis de todos os tempos, recebendo 11 indicações na cerimônia de 1997 do Framboesa de Ouro, sendo uma delas de pior filme. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.