Vera Lúcia de Oliveira lança obra na sexta-feira no restaurante Carpe Diem

'O beijo da mãe e outros ensaios de literatura & psicanálise' custará R$ 35 e tem 170 páginas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/08/2017 07:30 / atualizado em 03/08/2017 11:09

Carol Caminha/Divulgação


A professora de literatura Vera Lúcia de Oliveira, especialista na área pela Universidade de Brasília, sentia, ao ler grandes obras, que alguma coisa ficava sem ser entendida. “Sou uma leitora voraz e sempre gostei de me aprofundar nas leituras, mas acabava sempre num lugar sem domínio, em que parecia haver algo mais”, conta. Ela descobriu que uma maneira de preencher essa lacuna era analisar as obras pelo viés da psicanálise.

É essa junção entre literatura e psicanálise que Vera Lúcia propõe no livro O beijo da mãe e outros ensaios de literatura & psicanálise. A professora, que se especializou em teoria psicanalítica pelo UniCeub, apresenta no livro textos em que analisa obras literárias com ferramentas da psicanálise.

“O livro reúne textos da literatura com o instrumental da psicanálise, porque é um método privilegiado para a interpretação da literatura”, conta a professora. “Eu tinha essa intuição de que havia mais coisas nos livros do que estavam ditas claramente e com a psicanálise consegui compreendê-las melhor.”

Vera cita uma frase do psicanalista Sigmund Freud para explicitar essa relação: “Onde quer que tenha chegado um homem de ciência, lá já esteve um poeta”. “Freud (que era genial, absurdamente inteligente) entendeu que só a medicina fisiológica não era capaz de explicar o homem, ele foi pioneiro nessas relações”, comenta.

O beijo da mãe é o primeiro livro de Vera, que criou coragem agora para lançá-lo. “Venho reunindo esses textos há alguns anos. Resolvi publicar até por estímulo dos amigos. Tenho um amigo que brinca: ‘ publicar ou perecer’. Porque ou você faz isso ou aquilo morre na sua gaveta e ninguém mais terá acesso”, reconhece.

O título do livro, conta Vera, vem de um ensaio que analisa a cena inicial do livro Em busca do tempo perdido, do francês Marcel Proust. No início da obra, o narrador fala da infância e de como era incapaz de dormir se a mãe não o beijasse e da dimensão que isso toma na vida dele. “Eu li a primeira vez e fiquei muito impressionada com aquele sentimento profundo da criança. Pensava que não poderia ser só nervosismo, deveria ter algo a mais. Depois, descobri, com a psicanálise, que realmente tinha”, lembra Vera.

Além de Proust e Freud, Vera analisa, no livro, textos de autores como Machado de Assis, Guimarães Rosa, Eça de Queiroz e Shakespeare, além alguns filmes. Um exemplo analisado é o conto A terceira margem do rio, de Rosa. “É um conto misterioso, cada pessoa faz a sua interpretação. No livro, apresento a minha.”

A professora conta que já pensa em outra obra. “Tenho vários artigos escritos mais focados em análises literárias e outros que quero escrever e penso, sim, em juntá-los em um livro também”, adianta.


O beijo da mãe e outros ensaios de literatura & psicanálise
De Vera Lúcia de Oliveira. Lançamento sexta-feira (4/8) no restaurante Carpe Diem (104 Sul) a partir das 19h. Thesaurus Editora. 170 páginas. R$ 35. Informações: (61) 98303-5678.
 
 




Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.