Neymar posta vídeo viajando sem cinto e leva 'puxão de orelha' do Detran

Multa para a infração é de R$ 195,23; com seu salário atual, o craque do PSG poderia pagar esse valor 47.123 vezes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/08/2017 17:47 / atualizado em 09/08/2017 18:05

AFP / Josep LAGO

 
Nem mesmo o fato de ter se tornado o jogador de futebol mais caro da história, em uma transação de absurdos 222 milhões de euros, livram o craque Neymar de alguns "puxões de orelha". Na noite da última terça-feira (8/8), o Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) chamou a atenção do atacante que agora pertence ao Paris Saint-Germain, da França, por publicar um vídeo em que aparece viajando em uma van sem cinto de segurança.
 
 
"O Neymar Jr. e o bonde do peteleco estão curtindo um belo rolê pela França depois que o craque deixou o Barcelona para defender o PSG. [...] Mas faltou uma coisa: todo mundo sem cinto de segurança. Antes mesmo do NJr nascer, o equipamento já era exigido pelos franceses no banco de trás", alertou o órgão em uma publicação no Facebook.
 
 

O Detran ainda brinca com o fato de Neymar ter se tornado o jogador mais caro da história e pede para que o atacante se cuide para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, no ano que vem: "Todos nós aqui no Brasil contamos com você, hein?".
 
Se o vídeo tivesse sido gravado no Brasil e Neymar fosse flagrado por um agente de trânsito, ele seria autuado por deixar de usar o cinto de segurança, uma infração grave que rende cinco pontos na carteira e multa de R$ 195,23. A quantia, no entanto, não seria problema para o jogador, já que com o valor de seu atual salário mensal — estimado em 2,5 milhões de euros (ou cerca de R$ 9,2 milhões) — ele poderia pagar 47.123 multas dessas. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.