Morte de René Magritte, pintor surrealista belga, completa 50 anos

Artista ficou conhecido devido aos traços realistas e ilusionistas em suas obras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/08/2017 13:10 / atualizado em 15/08/2017 13:21

Internet/Divulgação

Há 50 anos, um dos principais pintores surrealistas belga René François Ghislain Magritte se despedia do mundo da arte. Vítima de um câncer de pulmão, ele deixou uma extensa e renomada obra no meio artístico. 

Magritte foi considerado o principal pintor surrealista belga e um dos maiores do movimento, sendo conhecido pelos traços realistas e ilusionistas que tinha. O belga foi influenciado por diversos artistas, entre eles André Breton, Miró e Salvador Dali. Este último, o fascinou e irritou ao mesmo tempo, devido ao lado barroco, que, na opinião de Magritte, não constituía o surrealismo, mas que ao mesmo tempo trazia uma sensação de realidade.  

René Magritte ganhará em 2019 um museu em Bruxelas dedicado à suas obras. 


Conheça algumas das principais obras de René Magritte 


La trahison des images  
Internet/Reprodução
 
 
Internet/Reprodução
 
Le fils de l'homme 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.