Morre no Rio sambista Wilson das Neves

O músico, de 81 anos, lutava contra um câncer e faleceu na noite deste sábado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/08/2017 23:52 / atualizado em 27/08/2017 10:24

Reprodução/Facebook
 
 
O sambista carioca Wilson das Neves, de 81 anos, morreu na noite deste sábado (27/8) no Hospital da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Ele estava internado e lutava contra um câncer há alguns anos. 
 
A Escola de Samba Império Serrano, onde o sambista era padrinho de bateria, publicou post de pesar na sua página no Facebook e declarou luto de três dias. "O Império e a sinfônica do samba lamentam o falecimento de seu baluarte. O Império declara luto oficial de três dias." 

Wilson foi figura importante para a MPB, especialmente o samba, como compositor e instrumentista em seus mais de 50 anos dedicados à música. Ao longo de sua carreira participou de mais de 600 gravações com todos os maiores nomes da MPB.
 
 
 
Ele foi parceiro de Aldir Blanc, Paulo César Pinheiro, Ney Lopes, Cláudio Jorge, Moacyr Luz e Chico Buarque, de quem era baterista há 35 anos. Tenho gravado vários discos do cantor. Além disso, desde 2003 participava da orquestra imperial como cantor e compositor. 

O músico era conhecido por usar o bordão “ô sorte”, que segundo ele, foi criado pelo cantor e compositor Roberto Ribeiro. 

Discografia

(S/D) Juventude 2000 • LP
(2013) Se me chamar, ô sorte • MP,B Discos/ Universal Music • CD
(2010) Pra gente fazer mais um samba • MP,B/ Universal • CD
(2010) Que Beleza (c/ grupo Ipanema) • Far Out (Inglaterra) • CD
(2004) Brasão de Orfeu • Selo Acari Records/Biscoito Fino • CD
(2001) Quintal do Pagodinho • Universal Music • CD
(2001) Brasileira • Independente • CD
(2001) Nome sagrado-Beth Carvalho canta Nelson Cavaquinho • Jam Music • CD
(2001) Coisa de chefe • Carioca Discos/Rob Digital • CD
(1999) The return of The Ipanemas • Far Out (Inglaterra) • CD
(1996) O som sagrado de Wilson das Neves • CID • CD
(1976) O som quente é o das Neves • Underground/Copacabana • LP
(1970) Samba Tropi-Até aí morreu Neves • Elenco/Philips • LP
(1969) O som quente é o das Neves • Polydor • LP
(1968) Elza Soares • Odeon • LP
(1964) Os Ipanemas • LP 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.