Julian Casablancas & The Voidz farão dois shows no Brasil em outubro

As apresentações de Julian Casablancas & The Voidz serão em São Paulo e no Rio Janeiro nos dias 18 e 19, respectivamente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/08/2017 13:50 / atualizado em 30/08/2017 13:54

Internet/Reprodução

O vocalista da banda The Strokes estará no Brasil em outubro com o projeto solo Julian Casablancas & The Voidz. O grupo, que ficou dois anos sem fazer shows, se apresenta em 18 de outubro no Cine Joia, em São Paulo, e no dia 19 no Sacadura 154, no Rio de Janeiro. 

A banda vai passar por diversas cidades da América do Sul com a nova turnê Hollywood Bolívar tour. O projeto do vocalista do The Strokes começou em 2013 com o álbum de protesto Tyranny e é composto por Jeramy Gritter, Amir Yaghmai, Alex Carapetis, Jake Berkovici e Jeff Kite.
 
Quem quiser curtir o show do grupo pode comprar os ingressos pela internet, mas em sites diferentes para cada apresentação. Os ingressos para São Paulo estão disponíveis no Livepass e custam R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia-entrada). Enquanto para o Rio de Janeiro, as entrada podem ser adquiridas por R$ 180 (inteira) e R$ 90 (meia-entrada) no site Eventim. Todos os valores são referentes ao primeiro lote e os shows são recomendados para maiores de 18 anos. 
 
 
 
Julian Casablancas & The Voidz faz o show principal, mas a noite também terá Rey Pila, que tem um EP pela gravadora de Casablancas, e Promiseland.
 

Show Julian Casablancas & The Voidz
São Paulo
Cine Joia (Praça Carlos Gomes, 82, Sé, São Paulo)
18 de outubro, às 20h. Entrada: R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia-entrada), 1º lote; R$ 180 (inteira) e R$ 90 (meia-entrada), 2º lote. Valores sujeitos a alterações. Não recomendado para menores de 18 anos. 

Rio de Janeiro
Sacadura 154 (R. Sacadura Cabral, 154, Saúde, Rio de Janeiro)
19 de outubro, às 21h. Entrada: R$ 180 (inteira) e R$ 90 (meia-entrada). Valores sujeitos a alterações. Não recomendado para menores de 18 anos. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.