Samba de pai e filho: Projeto '2 Arlindos' reúne Arlindo Cruz e Arlindinho

O nome do projeto foi inspirado em uma ideia da mulher de Arlindo Cruz

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/09/2017 07:31

Filho de peixe, peixinho é. Filho de sambista, sambista é também. O samba esteve na vida de Arlindinho desde pequeno, pela voz do pai e pelas escolas de samba que frequentava. “Comecei a me envolver com samba-enredo e cantar nas escolas mirins com 11 anos. Com 15, eu tinha o (grupo) Bambas de berço e a gente cantava em barzinhos”, lembra Arlindinho.


Filho de Arlindo Cruz, um dos ícones da música brasileira, ele viaja o Brasil com a turnê 2 Arlindos, projeto feito com o pai, que se tornou também um álbum. “Meu pai queria fazer o Pagode do Arlindo 2 e queria que eu participasse com ele. A ideia era dar uma cara nova aos shows e atingir uma galera mais nova, então eu resolvi encarar com ele.”

O nome do projeto foi inspirado em uma ideia da mãe, Babi, que sugeriu “Pagode 2 Arlindos”. A sugestão se transformou e se tornou apenas 2 Arlindos, uma mistura de novos sambas e sucessos de Arlindo Cruz. “A gente queria que a pessoa colocasse o CD e pudesse sair sambando, ouvir inteiro sem pular as faixas. Então misturamos algumas inéditas com (músicas) novas e montamos alguns pot-pourris. Tem música para a galera curtir, mas também tem um lado romântico.”



Arlindinho explica também que as músicas foram escolhidas de forma com que elas conversassem. Eles deram preferência para letras que Arlindo Cruz tinha escrito e nunca gravado, mas tentaram contar uma história com o conjunto. Pai e filho dividem a faixa de abertura do disco, Bom aprendiz, contudo Arlindinho se diz mais tocado por Amor maior. “É uma melodia linda. Mas a preferida é O show tem que continuar. Não tem como ser outra, essa é a mensagem que ele sempre quis levar e passou para mim. Toda vez que canto penso no que ela passa para o público e no significado que tem para mim.”

Os passos sem Arlindão

Em recuperação após um AVC, Arlindo Cruz está internado há quase cinco meses na casa de saúde São José, no Rio de Janeiro. Com pequenos progressos e respondendo a estímulos, ele apresenta sinais de recuperação, segundo o filho. Os dois dividiram os palcos com o projeto durante dois anos, agora, há quatro meses, Arlindinho segue a turnê 2 Arlindos sozinho.

“O amor problema é subir no palco sem meu pai. Olhar para o lado e saber que ele não está do meu lado”, revela o sambista. Mas ele acrescenta que, de resto, consegue levar numa boa. “Tem momento que sou pego pela emoção e acho que a gente pode se emocionar, mas não dá para ficar o tempo todo chorando”, comenta.

*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader


SERVIÇO

Universal Music/Divulgação
2 Arlindos
De Arlindinho e Arlindo Cruz. Universal Music, 15 faixas. Preço médio: R$ 21,90.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.