Cantor australiano Nick Cave ganha biografia em quadrinhos

'Nick Cave: Mercy on me', de Reinhard Kleist, tem passagens fictícias que romanceiam a trajetória do ídolo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

Reprodução/Internet
 

"Reinhard Kleist, mestre da novela gráfica e criador de mitos — mais uma vez — explodiu as convenções da novela gráfica inventando uma mistura aterrorizante de minhas canções, meias-verdades biográficas e fabulações completas para criar uma jornada complexa, relaxante e completamente bizarra para o meu mundo. Mais perto da verdade do que qualquer biografia, isso é certo! Mas, para registro, eu nunca matei Elisa Day."



As palavras do próprio Nick Cave dão o tom e apresentam de maneira correta do que se trata Nick Cave: Mercy on me, biografia em quadrinhos do cantor australiano. Produzida pelo quadrinista alemão Reinhard Kleist, a graphic novel traça a trajetória do músico.

Para construir o livro, no entanto, Kleist se concedeu algumas liberdades, como frisa o próprio Cave. À vida complexa e cheia de acontecimentos do cantor, o quadrinista deu um tom ainda maior de aventura e de morbidez. Sem medo do risco, ele criou passagens completamente ficcionais e as misturou aos fatos concretos da biografia do músico australiano.

A HQ parte da infância de Cave na zona rural da cidade australiana de Victoria. As passagens mais importantes da trajetória do músico se misturam com narrativas e personagens que saem das letras das músicas do cantor.

No currículo, Cave traz romances elogiados, canções veneradas por fãs, trilhas de filmes, participações como ator e uma multiplicidade de talentos artísticos. Cave também rodou o mundo. Morou em Londres, em Berlim e várias outras cidades.

Uma passagem pouco lembrada da biografia dele são os anos em que morou em São Paulo, quando tentava se recuperar do vício em heroína. Cave se casou e teve um filho, Luke, com a psicoterapeuta brasileira Viviane Carneiro. Ele ficou na cidade entre os anos de 1990 e 1993 e, em algumas ocasiões, era encontrado por fãs flanando pela Vila Madalena.

Em 1992, Cave lançou o disco Henry’s dream. Segundo o músico, o álbum foi inspirado nos mendigos de São Paulo. A temporada no Brasil é uma das histórias retratadas na graphic novel de Reinhard Kleist. O livro, porém, não tem previsão de ser lançado em terras tupiniquins.


O mito Cave

Cave nasceu na Austrália em 1957. Nas suas letras, a inspiração religiosa é muito forte e aparece na voz de um sujeito dividido entre amor e ódio, vida e morte. Perdido entre a devoção da fé e o desespero da vida cotidiana e carnal.

Ele tocou em várias bandas e, por fim, se firmou com Nick Cave and the Bad Seeds, grupo com o qual conquistou mais reconhecimento.

Em 2015, um acontecimento trágico abalou a vida do músico. Um de seus filhos, Arthur, morreu aos 15 anos ao cair de um penhasco na Inglaterra. Exames mostraram depois que o menino tinha usado LSD.

A tragédia trouxe efeitos imediatos para a vida do cantor e se transformou na temática do disco Skeleton tree, gravado com a Bad Seeds. Lançado em 2016, o álbum é um retrato pessoal e visceral da tentativa de Cave de lidar com a perda do filho.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.