Polo de Cinema e Vídeo do DF terá novo destino anunciado no 50º Festival

O centro de produções do audiovisual, atualmente, situado em Sobradinho, deverá ser deslocado para área mais próxima do Plano Piloto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/09/2017 11:38

Antonio Siqueira / DA Correio Braziliense

 
Mesmo sendo um patrimônio da área audiovisual, nas palavras do secretário de Cultura Guilherme Reis, o Polo de Cinema e Vídeo Grande Otelo terá um novo destino a ser anunciado durante o 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Uma nova área para o polo — "mais para perto das produtoras e do Plano Piloto", pelo que adianta Reis — será confirmada no dia da abertura da festa da próxima sexta.
 
Num encontro com a imprensa, no mezanino da Torre de TV, às 16h, será feito o anúncio. "Tínhamos, em Sobradinho, uma área rural cercada por conflito fundiário, com a vizinhança de um acampamento de pessoas empenhadas na reforma agrária. O local era periodicamente reformado, mas pairava o estigma do abandono. Numa política pública, precisamos reformar o pensamento do objetivo de um polo de cinema. Depois de mais de  27 anos, em Sobradinho, queremos rever termos e objetivos do polo", comenta Reis.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.