Paulinho da Viola e Marisa Monte emocionam brasilienses

Três mil pessoas compareceram ao show no Centro de Convenções

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/10/2017 23:48 / atualizado em 21/10/2017 16:38

Paulo Lira
Um encontro histórico e um show antológico. Foi o que três mil pessoas que superlotaram o auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães testemunharam emocionadas nesta noite de sexta-feira m(20/10), proporcionado por Paulinho da Viola e Marisa Monte. 


Acompanhados por uma banda de sete músicos, os dois mostraram músicas dos seus respectivos repertórios em números solo. Paulinho revisitou Tudo se transformou, Pecado capital, Onde a dor não tem razão, entre outras. Já Marisa relembrou Universo ao meu redor, De mais ninguém, Carnavalia. Os dois juntaram as vozes em Sinal fechado, Dança da solidão e Carinhoso.

O grande momento do espetáculo foi quando eles reverenciaram a Portela, com sambas clássicos e compositotres da escola, nos quais Sentimentos, Dizem que o amor, Passarinho, Preciso me encontrar e Quantas lágrimas.

O bis foi com Coração leviano e Comida, esta de Marisa Monte e Arnaldo Antunes, que soou como mantra para os dias de hoje. A plateia, que havia feito coro em várias canções, gritou Fora Temer.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.