Clarice Veras lança videoclipe bem-humorado de 'Chefe'

O lançamento do primeiro clipe da carreira de Clarice ocorre na cafeteria Objeto Encontrado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/11/2017 09:00 / atualizado em 31/10/2017 18:40

Internet/Reprodução

 
A cantora, publicitária e professora de yoga Clarice Veras lança o primeiro clipe musical de carreira. Intitulada Chefe, a música marca momento de visibilidade para Clarice, que interpreta o vídeo ao lado do professor da Universidade de Brasília Wagner Rizzo.

“Várias pessoas me pediram para compartilhar o vídeo, outras não esperavam e descobriram esse meu lado de compositora agora”, conta. 

Performático, engraçado e leve. Assim o clipe da música Chefe conta a história de uma pessoa que quer largar o emprego. “Chefe, não me leve a mal, não é nada pessoal, é existencial”, explica, na letra da música, a publicitária. 
 
 

A inspiração veio do cotidiano. “Eu já ouvi isso de querer largar o emprego várias vezes, principalmente na yoga. É comum, cada um tem sua história de querer largar a profissão.” Para ela, a ideia é uma forma de espairecer em meio ao estresse de trabalho. “Uma forma de lidar com isso é cantar, por exemplo, e rir de si mesmo.”

“Quero incentivar as pessoas a fazer versões da música com suas próprias experiências”, sugere Clarice. Agora, a cantora recebe mensagens de pessoas que anseiam por um álbum. Ela promete: “Tenho cinco músicas gravadas disponíveis no SoundCloud e outras não lançadas, mas pretendo lançar”.

Clarice Veras aposta em um estilo musical bem-humorado e explica que o processo de gravação do vídeo foi entre amigos. “O diretor foi meu colega de faculdade, mora nos Estados Unidos e passou pelo Brasil para um outro trabalho, mas acabou participando de Chefe. O chefe foi nosso professor na universidade.”
 
Serviço
Lançamento do videoclipe Chefe 
No Objeto Encontrado (102 Norte, Bl. B lj 56), quarta-feira, às 19h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.