Moacyr Luz estará na estreia do projeto Samba du Carvalho, no Cruzeiro

O evento será lançado nesta quarta-feira (15/11) no Círculo Operário do Cruzeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/11/2017 10:32

Arquivo Pessoal/Divulgação

Moacyr Luz, criador do Samba do Trabalhador, é o padrinho de novo projeto do gênero em Brasília. É o Samba du Carvalho, que estreia nesta quarta-feira (15/11), às 16h, no Círculo Operário, no Cruzeiro Velho, sob o comando de Sílvio Carvalho, integrante do grupo carioca Sururu, radicado na cidade há dois anos.


“Vim a Brasília algumas vezes com o Sururu, mas quando passei a morar aqui é que pude tomar contato com a cena do samba na capital, onde existem grandes músicos, sempre em atividade. Em conversa com a Estar Braga, incentivadora e divulgadora da arte e da cultura brasilienses, tive a ideia de criar o Samba du Carvalho”, explica Sílvio.

Para formar a roda, o cantor, compositor e instrumentista carioca (ele toca banjo), arregimentou conhecidos músicos locais: Breno Alves (vocal e pandeiro), Valério Gabriel (surdo), Luiz Jambeiro (percussão), Serginho (tantan), Amilcar Paré (voz e violão 7 cordas) e Pedro Molusco (cavaquinho). “O samba de raiz, de Cartola e Zeca Pagodinho, é que vai predominar na roda, mas obviamente vou incluir alguma coisa do Sururu e composições de minha autoria”, adianta.

À frente do Samba do Trabalhador, que há 12 anos se mantém no Clube Renascença, próximo à Vila Isabel, Moacyr  foi agraciado no Prêmio da Música Brasileira deste ano. “Tenho recebido convites para apadrinhar várias rodas de samba no país, e, aos 60 anos, tenho muito prazer de dar a benção a todas”.

O surgimento de uma nova roda de samba é motivo de comemoração para ele. “Vejo com grande alegria toda e qualquer iniciativa que vise deflagar a cultura no país, num momento em que não falta quem queira censurar nossos artistas.”

Samba du Carvalho
Estreia da roda de samba comandada por Sílvio Carvalho, tendo como padrinho Moacyr Luz, nesta quarta-feira (15/11), às 16h, no Círculo Operário, no Cruzeiro Velho. Ingressos antecipado R$ 25 e na bilheteria R$ 30. Não recomendado para menores de 14 anos. Informações: 99259-2824.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.