Morre Gonzaga Blota diretor das novelas 'Roque Santeiro' e 'Fera radical'

Diretor da Globo, de 89 anos, sofreu um ataque cardíaco e não resistiu

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2017 11:11

Arquivo TV Globo/Divulgação

Gonzaga Blota, de 89 anos, ex-diretor de novelas, morreu no último domingo (19/11) em decorrência de um ataque cardíaco. Com uma longa carreira na televisão, dirigiu e codirigiu novelas de sucesso como Saramandaia, O astro, Dancin'days, Roque Santeiro, além de fazer participações especiais como ator em vários programas.


Luiz Gonzaga Blota nasceu em Ribeirão Bonito, São Paulo, e começou a carreira na TV Excelsior, onde dirigiu o seriado Canal 9 contra o senhor Espectro. Na Globo, estreou no comando de Shazan, Xerife & Cia, e de lá foi para a TV Tupi. Na volta à emissora carioca, Blota dirigiu mais de 30 atrações. Foi casado com a atriz mineira Cleyde Blota com quem trabalhou na novela Fera radical (1988), atualmente em exibição no Viva.  A atriz, aliás, completou 77 anos no último sábado.

Entre seus maiores sucessos estão Saramandaia (1976), O astro (1977), Dancin' days (1978), Pai herói (1979), Roque Santeiro (1985) e Fera radical (1988). Ele também atuou em oito tramas, como O astro (1977), e fez uma participação especial em Dancin' days.A última novela de Blota foi O fim do mundo (1996), que vai ser reprisada pelo Viva em dezembro.  Gonzaga Blota era irmão do locutor, apresentador e político Blota Júnior, morto em 1999.

O ator Blota Filho, sobrinho do ex-diretor, lamentou a morte do tio no Facebook. "Morreu, no Rio de Janeiro, meu tio Gonzaga Blota. Um dos grandes diretores de novelas da Rede Globo. Saudades das risadas e bom humor. Que a sua passagem seja cheia de luz e carinhos".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.