Cantor brasileiro faz versão de 'Voodoo Child' em homenagem a Jimi Hendrix

Mario Ghanna produziu uma versão inédita da música chamando de "Mano Vodu"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/11/2017 14:00 / atualizado em 27/11/2017 14:04

Camila Petry/Reprodução
 
Se Jimi Hendrix estivesse vivo, completaria nesta segunda-feira (27/11) 75 anos. O legado que o guitarrista deixou permanece até hoje, inspirando músicos de diversos segmentos como Prince, Sly Stone, George Clinton, John Frusciante e o brasileiro Mario Ghanna.  
 
 
Mario Ghanna é cantor, compositor e instrumentista catarinense e em homenagem ao ídolo Jimi Hendrix, regravou o hit Voodoo Child, em uma versão inédita, com guitarra havaiana, cuíca, tamborim de dedo e um ganza, batizando a faixa de Mano Vodu.
 
"Quis trazer um pouco do meu conceito e do meu som para um clássico mundial. Explorei sons acústicos e a guitarra havaiana, que trouxe a sonoridade que buscávamos para esta homenagem ao lendário Jimi Hendrix. Tô feliz, espero que o pessoal curta muito este vídeo", afirmou Mario Ghanna. 
 
 

A música

Voodoo child é a última faixa do disco Electric ladyland, de Jimi Hendrix Experience, lançado em 1968. A canção é famosa pelos riffs e solos explosivos. 

Os riffs de guitarra do single são considerados os melhores de todos os tempos, segundo uma eleição promovida pelo site Music Radar. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.