'Ainda sou eu', da saga 'Como eu era antes de você', será lançado em 2018

'Ainda sou eu' será publicado em 23 de janeiro e chegará as livrarias brasileiras em 8 de fevereiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/12/2017 11:30 / atualizado em 18/12/2017 11:31

Intrinseca/Divulgação
A editora Intrinseca divulgou a data de lançamento do terceiro livro da trilogia do best-seller Como eu era antes de vocêAinda sou eu já está em pré-venda e será lançado nos Estados Unidos em 23 de janeiro. A obra chega às livrarias brasileiras em 8 de fevereiro. 

O terceiro livro da autora Jojo Moyes dará sequência a história de Louisa Clark, que, em Depois de você, teve que superar toda a dor da morte de Will. No final do livro, ela conheceu Sam, com quem começou a namorar.  

Ainda sou eu mostrará como a jovem está lidando com a nova vida após se mudar para Nova York, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Confira abaixo a sinopse oficial do livro.

"Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?" 

O sucesso de Como eu era antes de você 


Como eu era antes de você garantiu no Brasil o título de livro mais vendido em 2016, com 352.330 unidades vendidas. A continuação Depois de você ficou com o terceiro lugar da lista com 228.073 exemplares vendidos naquele ano. 

Como eu era antes de você ainda ganhou uma adaptação cinematográfica em 2016 e se tornou um fenômeno de bilheteria, ultrapassando a marca de US$ 200 milhões no mundo inteiro.
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.