Shakira cancela turnê mundial por problemas nas cordas vocais

Shakira retomará a turnê em 5 de junho em Colônia (Alemanha), e fará outros 15 shows na Europa, antes de viajar para os Estados Unidos, onde se apresentará em 18 cidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/12/2017 10:33

Pedro Ugarte/AFP

Nova York, Estados Unidos - A cantora colombiana Shakira anunciou nessa quarta-feira (27/12) que cancelou o restante de sua turnê mundial por um problema nas cordas vocais, que espera solucionar até junho do ano que vem, quando conta em voltar para os palcos.

"Apesar de que esperava ter as cordas vocais recuperadas a tempo para retomar a turnê em janeiro, e depois de explorar muitas opções, aceitei que esta lesão simplesmente precisa de mais tempo e cuidado para curar", disse Shakira em um comunicado publicado em seu site na internet.

A intérprete de músicas de sucesso, como "Ciega, sordomuda", "La bicicleta" e "Chantaje", entre outros, havia cancelado os shows na Europa de sua "El Dorado World Tour", em novembro.

A produção da turnê informou à AFP que os ingressos serão válidos para as novas datas das apresentações, no verão boreal de 2018. Shakira retomará a turnê em 5 de junho em Colônia (Alemanha), e fará outros 15 shows na Europa, antes de viajar para os Estados Unidos, onde se apresentará em 18 cidades.

A turnê terminará em 6 de setembro em San José, Califórnia.

"Sinto pelos que planejaram com antecedência ir a estes shows e que têm sido tão pacientes para que eu tome o tempo necessário para decifrar o melhor curso a seguir com meus médicos", indicou a cantora.

"A verdade é que não posso esperar até junho!", acrescentou. "Prometo que darei tudo de mim desde o primeiro minuto que subir no palco, estou contando os dias para o próximo concerto".

Seu álbum, "El Dorado", que dá nome à turnê, levou o Grammy Latino de Melhor Álbum vocal de pop contemporâneo e foi indicado na categoria Melhor Álbum pop latino no Grammy internacional.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.