Publicidade

Estado de Minas

Dona de discurso extenso e contundente, Oprah Winfrey rouba a cena

O público do Globo de Ouro foi tomado de assalto, por um discurso incisivo e inclusivo comandado pela carismática apresentadora e atriz


postado em 08/01/2018 01:06 / atualizado em 08/01/2018 09:53

Ver galeria . 16 Fotos Allison Janney, ganhou prêmio de melhor atriz coadjuvante no filme
Allison Janney, ganhou prêmio de melhor atriz coadjuvante no filme "I, Tonya" (foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP )

Comunicadora de primeira linha, Oprah Winfrey se mostrou a grande revelação da noite, com um discurso completo que aliou palavras contra racismo e machismo. Do impacto, em criança, percebido pela distinção do ator negro Sidney Poitier até "o novo dia no horizonte", ela impactou muito ao citar uma mulher chamada Reese Taylor, morta há 10 dias, e que, em 1944, foi abusada por seis homens armado, após deixar um culto em Igreja.

Leia as últimas notícias de Diversão & Arte


Oprah lembrou ainda que "a imprensa atual está sobre um cerco" e defendeu a opção pela revelação de verdades como "a ferramenta mais poderosa" para contornar contrariedades e desafios injustos. "Chegou ao fim, o tempo dos homens brutais", sentenciou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade