Publicidade

Estado de Minas

Duo que renova o chorinho faz apresentação na capital

Instrumentistas da nova geração, Márcio Marinho e Victor Angeleas estarão no Clube do Choro


postado em 18/01/2018 07:33

O talentoso duo Victor Angeleas e Márcio Marinho se apresenta hoje e amanhã no Clube do Choro(foto: Clara Angeleas/ Divulgação)
O talentoso duo Victor Angeleas e Márcio Marinho se apresenta hoje e amanhã no Clube do Choro (foto: Clara Angeleas/ Divulgação)
 
 
Com Virada do choro, tema instrumental vencedor do Festival da Nacional FM de 2016, na categoria Música mais votada pela internet, Márcio Marinho e Victor Angeleas deram início ao trabalho em parceria que pode ser apreciado hoje (18 de janeiro, quinta) e sexta, no Espaço Cultural do Choro, em show pelo projeto Clube do Choro 40 anos.

Os dois estão entre os mais talentosos instrumentistas da geração surgida logo após a  que revelou para a música popular brasileira nomes como Hamilton de Holanda, Fernando César, Daniel Santiago, Gabriel Grossi e Rogério Caetano — todos originários da cena do choro em Brasília. Márcio (cavaquinho de 6 cordas) e Victor (bandolim de 10 cordas) têm o virtuosismo e a improvisação como as grandes marcas.

Atualmente, os dois são anfitriões do Face musical, programa transmitido quinzenalmente ao vivo pelo Facebook, no qual recebem artistas brasilienses e outros de renome nacional e internacional para tocarem juntos e baterem papo. “Pelo programa já passaram, entre outros, Rogerinho Caetano, Ademir Júnior, Alberto Salgado e Dhi Ribeiro”, conta Márcio, integrante do Choro Livre, que já fez parte de vários outros grupos.

Ele diz que a proposta do Face musical é levar ao público música de qualidade. “Não nos atemos apenas ao choro. Obviamente tocamos composições de mestres do gênero, como Jacob do Bandolim, Pixinguinha e Waldir Azevedo; mas vamos além, interpretando outros estilos da MPB, como samba e forró, standards de jazz e clássicos do rock, blues, pop e soul music da obra dos Beatles, Steve Wonder e Michael Jackson”, explica o cavaquinista. “Fazemos também especiais, em que homenageamos personalidades sa música. Um deles foi o tributo a Luis Melodia”, acrescenta.

No YouTube

Gravado às terças-feiras, às 21h30, em improvisado estúdio no apartamento do pai do bandolinista, na 112 Norte, o programa é disponibilizado também no canal YouTube, desde setembro de 2016; e possui expressivas visualizações. “Já possuímos algo em torno de 16 mil seguidores”, comemora Márcio.

No show que ocupa um palco que conhecem muito bem, eles contam com a participação de três convidados: o cantor, compositor e violonista Alberto Salgado, o baixista Bruno Rejan e a percussionista Larissa Umaytá. “Os três são músicos de qualidade e com certeza vão contribuir bastante para fazermos uma apresentação que agrade ao público”, acredita.

Na construção do repertório,  que vai de Diparada (Geraldo Vandré e Théo de Barros) a Isn’t she lovely (Stevie Wonder), passando por Vôo da mosca (Jacob do Bandolim) e Carinhoso (Pixinguinha e João de Barro), os dois optaram por torná-lo bem diversificado. “Mas vamos mostrar também músicas de nossa autoria como Luar de Brasília, Negro rubro, Asa Norte criativa, além de Virada do choro, que compusemos para comemorar o Dia do Choro”, anuncia.

Entre os planos de Márcio Marinho e Victor Angeleas para 2018 está o projeto de circulação selecionado pelo Fundo de Apoio da Cultura (FAC), da Secretaria de Cultura. “É uma série de shows que faremos, depois da Copa do Mundo, com a participação de convidados. A estreia vai ser em Brasília, com a participação de Rosa Passos e Nelson Faria. Depois vamos para São Paulo, onde teremos como convidados Oswaldinho do Acordeon e outro músico, ainda não definido; e para o Rio de Janeiro. Lá dividiremos o palco com Guinga e Sombrinha”, adianta.


Márcio Marinho e Victor Angeleas
Show do duo e convidados hoje e amanhã, às 21h, pelo projeto Clube do Choro 40 Anos. No Espaço Cultural do Choro (Eixo Monumental, ao lado do Centro de Convenções Ulysses Guimarães). Ingresssos: R$ 30 e R$ 15,00. Não recomendado para menores de 14 anos. Informações: 3224-0599.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade