Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

União Europeia impõe medidas antidumping sobre painéis solares chineses Segundo a Comissão Europeia, estas medidas "entrarão em vigor por um período de dois anos a partir de 6 de dezembro de 2013"

France Presse

Publicação: 02/12/2013 11:38 Atualização:

Bruxelas - A União Europeia pretende impor a partir de sexta-feira (6/12) medidas antidumping sobre os produtores chineses de painéis solares que não aceitaram o acordo alcançado sobre a questão, que provocou temores de uma guerra comercial. Estas medidas "entrarão em vigor por um período de dois anos a partir de 6 de dezembro de 2013", indicou a Comissão Europeia nesta segunda-feira em um comunicado.

As medidas serão aplicadas apenas aos produtores chineses que se recusaram a implementar um preço mínimo, conforme acordado em julho, o que significa cerca de um terço dos produtores chineses de painéis solares. No final de julho, o comissário europeu para o Comércio, Karel De Gucht, e as autoridades chinesas firmaram um acordo amigável no caso da energia solar chinesa, prevendo um preço mínimo para os painéis solares chineses importados. Os termos deste acordo foram confirmados, indicou a Comissão nesta segunda-feira. Estes anúncios encerram as investigações antidumping e antisubvenções às exportações chinesas de painéis solares, realizada há quase um ano pela Comissão Europeia.

Leia mais notícias em Economia

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.