Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fabricantes de eletrodomésticos defendem IPI menor para garantir vendas Especialistas dizem que falta espaço fiscal para o benefício. A mudança, programada para acabar no fim deste ano, pode ser adiada caso o ministro Guido Mantega julgue necessário

Victor Martins

Publicação: 05/12/2013 08:41 Atualização:

Neste ano, mesmo com a redução de tributos, a comercialização de geladeiras e fogões deverá encolher 3% (Ed Alves/CB/D.A Press)
Neste ano, mesmo com a redução de tributos, a comercialização de geladeiras e fogões deverá encolher 3%

O desconto em geladeiras, fogões e outros eletrodomésticos, em função do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) menor, pode ter uma sobrevida além de 2013. A Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros) vai pedir formalmente, na próxima semana, a continuidade do benefício ao Ministério da Fazenda. Segundo os representantes do segmento, ainda é cedo para retirar totalmente os estímulos, pois as vendas no próximo ano ficarão comprometidas se as alíquotas voltarem ao valor tradicional. Para o mercado financeiro, a continuidade da medida é um “tiro no pé” e pode gerar ainda mais polêmica em torno das condições das contas públicas, já mergulhadas em descrédito. Neste momento, ressaltaram os especialistas, o governo não tem mais como abrir mão de receitas em favor do consumo.

Leia mais notícias em Economia

O benefício, programado para acabar no fim deste ano, pode ser adiado caso o ministro Guido Mantega julgue necessário. Na tentativa de convencer o governo, Lourival Kiçula, presidente da Eletros, argumentará que, mesmo com o desconto, em 2013 deve haver uma queda de 3% nas vendas de produtos eletroeletrônicos. O número, no entanto, é considerado positivo por ele, porque, no ano passado, a expansão foi de 20%. “O crescimento do setor em 2014 depende da prorrogação do IPI”, disse.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.