Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Banco Central anuncia que elevará juros e venderá mais dólar em 2014 Temendo a escalada da moeda norte-americana e um aumento maior da inflação, o Banco Central anuncia que os leilões diários da divisa serão mantidos em 2014. Copom avisa que Selic ainda terá dose extra de alta, com arrocho terminando em janeiro

Deco Bancillon

Publicação: 06/12/2013 06:03 Atualização: 06/12/2013 07:31

Diante do pessimismo geral de investidores e empresários com a política econômica do governo Dilma Rousseff, e dos reflexos que essa desconfiança tem provocado na cotação do dólar, o Banco Central (BC) decidiu agir. Para garantir que a alta do dólar não fuja do controle, a autoridade monetária avisou que vai renovar em 2014 o programa de injeção de moeda no mercado, batizado de “ração diária”. Isso, depois de avisar que manterá os juros em alta no início do ano que vem.

O pacote cambial, que, somente em 2013, movimentará US$ 100 bilhões, tem como objetivo conter uma disparada ainda maior da divisa norte-americana. Com isso, pretende-se dar um sossego à inflação, tornando produtos importados mais baratos.

Leia mais notícias em Economia

Ao manter o programa de venda de dólares, o BC espera reduzir a volatilidade da moeda, que tem sido atribuída aos prognósticos negativos em relação à economia brasileira e à perspectiva de mudança na política monetária dos Estados Unidos. Em pouco mais de três meses, a divisa bateu em R$ 2,45, foi a R$ 2,13 e voltou ontem a R$ 2,359 para a venda, queda de 1,24% (leia texto ao lado).

“A manutenção dessa política de venda de dólares é um reflexo direto do pessimismo com o Brasil”, disse o economista da NGO Corretora, Sidnei Nehme. “Se os resultados da economia fossem bons, não haveria necessidade de o BC reforçar a proteção a quem opera com o dólar, apesar do ajuste dos juros nos EUA”, frisou.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.