Economia
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

EUA vende últimas ações da GM, pondo fim a histórico resgate O Tesouro registrou uma perda de mais de US$10 bilhões no resgate de US$49,5 bilhões, mas disse que salvar o setor automobilístico dos EUA

France Presse

Publicação: 09/12/2013 20:26 Atualização:

Washington - O Tesouro norte-americano vendeu suas últimas ações na General Motors nesta segunda-feira (9/12), pondo fim a um dramático resgate da gigante automobilística, no auge da crise financeira cinco anos atrás.

O Tesouro registrou uma perda de mais de US$10 bilhões no resgate de US$49,5 bilhões, mas disse que salvar o setor automobilístico dos EUA, os empregos de milhões de funcionários e muitas aposentadorias valeu a pena.

O resgate de 2008, polêmico na época, "ajudou a estabilizar o setor automobilístico e evitar outra Grande Depressão", disse o secretário do Tesouro, Jacob Lew.

Ele disse que o presidente Barack Obama "entendeu que a inação poderia custar à economia mais de um milhão de empregos, bilhões em economias pessoais perdidas e uma significativa redução da produçao econômica".

"Como resultado de seus esforços, que se apoiaram sobre os da administração anterior, mais de 370 mil novos empregos foram criados e todas as três montadoras dos Estados Unidos são lucrativas, competitivas e estão crescendo".
Tags:

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Cleylton Saboia
O Brasil poderia ter aprendido essa lição, mais que pena que a Varig acabou e poderia está até hoje ai, mais o Lula é amigo do dono da GOL, ai que o Brasil dança... e viva os bolivarianos... Acorda Brasil. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.