Economia
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Clientes precisam deixar a Unimed até o fim desta quarta-feira Usuários da operadora em Brasília têm até o fim da tarde de hoje para mudar de plano de saúde sem ter que cumprir carência

Bárbara Nascimento

Publicação: 18/12/2013 06:00 Atualização: 18/12/2013 08:36

Empresa responde a processo extrajudicial desde 6 de dezembro. Dificuldades financeiras vêm de 2005 (Breno Fortes/CB/D.A Press - 27/10/11)
Empresa responde a processo extrajudicial desde 6 de dezembro. Dificuldades financeiras vêm de 2005

Termina nesta quaqrta-feira (18/12) o prazo para os beneficiários da Unimed Brasília mudarem de plano de saúde sem ter que cumprir período de carência. O direito à portabilidade foi concedido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em razão dos problemas de caixa e atendimento apresentados pela operadora, que, desde o dia 6 de dezembro, responde a processo de liquidação extrajudicial.

Todos os quase 9 mil conveniados à Unimed Brasília podem escolher outro convênio, desde que ele esteja na mesma faixa de preço do anterior, mantendo a carência cumprida até 18 de abril de 2013, quando a portabilidade foi decretada. Quem ainda estava dentro do período de carência em abril também pode migrar e cumprir o resto do prazo na nova operadora. A decisão independe do tipo de contratação do convênio — individual, familiar ou coletivo — e do aniversário do contrato.

Leia mais notícias em Economia

Para saber quais planos são compatíveis, a ANS recomenda que o consumidor procure o Guia de Planos no portal da agência. Para isso, o usuário deverá portar o número do convênio, que pode ser obtido com a Unimed Brasília. Assim que decidir para qual operadora quer ir, ele deve solicitar à empresa a adesão tendo em mãos o “relatório de planos em tipo compatível”, que é disponibilizado ao fim da consulta que o beneficiário faz ao portal da ANS (veja passo a passo no quadro).

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Paulo Almeida
A cobrança tambem tem que ser feita ao congresso brasileiro. O eles fazem? | Denuncie |

Autor: Marcus Borges
Por que o ministério da saúde não faz nada?Até quando os brasileiros ficaram nas mãos de comerciantes e picaretas? Um país sem educação,justiça e saúde,será sempre um pais sub-desenvolvido. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.