Economia
  • (49) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Na Receita Federal, servidor acredita estar acima do bem e do mal O brasileiro que precisa resolver alguma pendência com o Fisco deve se preparar para um calvário marcado por desrespeito e autoritarismo

Diego Amorim

Publicação: 23/12/2013 08:00 Atualização: 23/12/2013 09:11

Félix toma o café servido pela mulher, Marlene. Ele saiu de casa às 4h da manhã atrás de atendimento do Leão  (Janine Moraes/CB/D.A Press )
Félix toma o café servido pela mulher, Marlene. Ele saiu de casa às 4h da manhã atrás de atendimento do Leão

Na televisão sem foco e sem volume, imagens de filmes e novelas repetidas tentam anestesiar quem aguarda atendimento no posto da Receita Federal em Brasília. No balcão onde, em tese, o cidadão deveria ser bem informado, servidores públicos demonstram pouca paciência. “Quem falou para vir aqui? Vou entrar no site e provar que não é aqui”, dizia um deles, irritado, diante de um acuado senhor que só estava obedecendo à orientação recebida anteriormente por outro funcionário do Estado.



As informações erradas — ou, no mínimo, incompletas — e a intolerância por parte de quem deveria esclarecê-las dão a impressão de que, por detrás de guichês antigos, não há disposição alguma para resolver o problema. “Tratam a gente como se fosse lixo. E se atenderem um ou mil, tanto faz”, descreve o professor Félix Alves da Silva, 59 anos, que fez a declaração do Imposto de Renda no primeiro dia do prazo e quer saber apenas por que a restituição ainda não havia sido liberada.

Leia mais notícias em Economia

Para ter acesso à informação, Félix acordou às 4h a fim de fugir do trânsito pesado na saída de Valparaíso de Goiás, onde mora, e chegar antes de a Receita começar a funcionar, às 7h, como informa a folha rasgada na entrada do prédio. A mulher, Marlene, 42, levou café para amenizar a espera. Quando os portões abriram, o casal pegou a senha número 1, mas foi o quarto a ser atendido. “O Brasil precisa mesmo é ser reinventado”, diz o contribuinte, que leciona história na rede pública. São 40 anos de contribuição previdenciária, três infartos, mas até agora a aposentadoria não saiu. Félix é só mais um dos milhões de brasileiros que pagam impostos pesadíssimos ao Estado, mas quase nada recebem de volta, como mostra a série de reportagens do Correio iniciada ontem.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Tags:

Esta matéria tem: (49) comentários

Autor: GILMAR PEREIRA
reforma trabalhista já fim da estabilidade . | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
pega o nome e matyricula deste mal criados a faça reclamação so assim eles vão temer a rua . | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
todos que recebem altos salários trata mal os contribuinte policia civil receita detran se acima de todos puro preconceito de classe social este são os Brasileiros tem preconceito de tudo . | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
os deputados tem a imunidade(impunidade) os funcionários públicos a estabilidade ia ninguém quer trabalhar sabendo que não serão demitido como na iniciativa privada , fim da estabilidade e verão a coisa funcionar só isto ! | Denuncie |

Autor: natanael silva
Obrigado CorreioBraziliense, você disse tudo que estáva engasgado a anos. | Denuncie |

Autor: Claudio Vasconcelos Junior
A má qualidade na prestação de serviços no Brasil é geral! Tanto no setor público quanto na iniciativa privada os serviços são péssimos. Todo mundo querendo se dar bem passando por cima dos outros, burlando a lei e vendendo gato por lebre. Ética é uma palavra que não existe nessa relação. É triste! | Denuncie |

Autor: George Reis Chagas
é porque nunca foram no itamarati, lá o funcionário já acorda mal humorado. credo! | Denuncie |

Autor: David Erensto Cavalcante
Os funcionários da RF não têm o mínimo compromisso em atender bem o contribuinte. A eles interessa receber o alto salário no final do mês, pago é claro, pelo contribuinte, desrespeitado. E para completar, SÓ TEMOS UM POSTO DA R.E em Brasília. | Denuncie |

Autor: MARCELO MASCARENHAS
Os servidores da receita federal estão entre os mais bem pagos do país, no entanto, eles simplesmente esquecem que tratar o cidadão com cordialidade não é favor, é O-BRI-GA-ÇÃO!... | Denuncie |

Autor: SIMÁRIA MÁXIMO
Eu me senti envergonhada de ser Servidora Pública do Ministério da Fazenda e ter precisado da Receita Federal para resolver pendências do Imposto, fui atendida, depois de muito esperar, por uma muito mal humorada "colega" de profissão, quanta decepção em passar por aquilo. | Denuncie |

Autor: wellington caldeira
PARABÉNS DIEGO AMORIM, até que enfim um reporter teve CORAGEM de fazer uma matéria sobre essa PALHAÇADA | Denuncie |

Autor: Aldeci Brandão
Hoje e amanhã a agência de atendimento de Taguatinga abre até as 13h, mas é impossível ser atendido porque o "sistema" esta fora do ar. Nem protocolizar um processo é possível. | Denuncie |

Autor: SIMÁRIA MÁXIMO
Adorei a matéria, eu já estava engasgada com o mal atendimento da Servidora da Receita Federal. Sou Servidora Pública do Ministério da Fazenda e fui super mal atendida por uma "colega" de trabalho para esclarecer algumas pendências do meu imposto de renda, que servidores mau humorados são aqueles!!!! | Denuncie |

Autor: wagner dos santos teixeira
Parabéns ao Correio Braziliense pela reportagem. Jornalismo verdadeiro.Democrático e republicano. | Denuncie |

Autor: paulo
Sem contar que o site da receita é talvez o pior do mundo!!!! Com certeza vc entra no site e se torna inimigo número 1 da receita. Poderia simplesmente digitar seu CPF com uma senha pra ter acesso à sua situação. Mas nunca vi coisa mais complicada. | Denuncie |

Autor: Valgmar Lopes
De fato, também já tive o desprazer de ser atendido nesse posto (aliás o único em Brasília, salvo engano), os servidores, a estrutura do prédio, a sala de espera, a tv, etc...Tudo arcaico, velho, sujo, mal educados! Por incrível que pareça, as pessoas que melhor te atendem lá são os vigilantes. | Denuncie |

Autor: Francisco Neiva
No Brasil estamos criando MONSTROS... Não se forma no Brasil para exercer a profissão no qual se graduou, ou seja, todos querem fazer concurso para trabalhar pouco, ganhar muito e ter estabilidade. No Brasil dos comuns a previdência paga no máximo 4000 por mes a quem trabalhou e contribuiu 35 anos, | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
Agridem, até quando põem uma auditora na TV, dando-nos a entender que estão nos fazendo grande favor. Ora estão regiamente pagos para o exercício da função!... | Denuncie |

Autor: Edmar Alencar
Parabéns à equipe do CB pela série de reportagens "Pobre Contribuinte". É preciso mostrar a falta de qualidade no atendimento ao cidadão em comparação com força leonina na arrecadação de tributos pelo Estado. | Denuncie |

Autor: RICARDO MATIAS
É A COISA MAIS IRRITANTE E DESRESPEITOSA QUE CONHEÇO É A RECEITA FEDERAL, QUANDO VOCÊ PRECISA RESOLVER ALGUM PROBLEMA LÁ. PARABÉNS, CB PELA LÚCIDA E OPORTUNA REPORTAGEM. VAMOS VER SE AQUELE ÓRGÃO SE MANCA! | Denuncie |

Autor: EDINEA CRISTINA ALVE
Qual o real motivo para contribuintes ficarem 5, 10 anos sem receber suas restituições? | Denuncie |

Autor: Raimundo Neres
Realmente, com raras exceções, em geral são mal educados, autoritários e se acham donos da verdade, acima do bem e do mal. | Denuncie |

Autor: Paulo Leão
De fato. Já fui duas vezes para resolver um problema de restituição do IRPF de 2012 e todoas vez diz que não podem "antecipar" a verificação eu tenho que aguardar ser notificado ou entrar no"site" e agendar. Uma agenda que só tem vaga para Junho de 2014. Qd é para pagar não pode atrazr 1 min. Paulo | Denuncie |

Autor: ELOIZA RODRIGUES
Gente certinha como o Sr. Félix só se ferra nessa país. Ele entregou a declaração no primeiro dia do prazo (certinho demais). Acorfdou de madrugada e chegou a tempo de pegar 1 senha nr 1 (certinho demais). Isso aqui não é Noruega nem Suiça Sr. Félix, é a zorra do braZil. | Denuncie |

Autor: Márcio MB
É lamentável um servidor público, que ganha relativamente bem, cargo estável, servir ao contribuinte dessa forma. Infelizmente estamos na mão deles,pois precisamos do serviço para muitas vezes regularizar nossa vida com o fisco. Muitos deles nos tratam com indiferença e c informações desencontradas. | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Matéria completa só para que PAGAR ASSINATURA mais um item de despesa. É ! Lamentavelmente é verdade. De nada adianta, tanta liberdade e pagar tantos impostos ! ! ! | Denuncie |

Autor: uarlei ribeiro
Fui dias atrás saber quanto eu já tinha de contribuição, a funcionária perguntou se eu não sabia fazer conta, deu vontade de responder com a mesma moeda mas ai pensei não vale a pena. Insisti e disse que era dever do órgão me passar essa informação com muita mal vontade ela acabou me passando. | Denuncie |

Autor: uarlei ribeiro
E se esse descaso acontecesse só em Brasília ainda se dava um jeito, mas se filmarem as agências de todo o país do INSS e da receita veriam o escandaloso atendimento dos funcionários desses dois órgãos, que realmente se julgam estarem na era da ditadura. Humildade e qualidade é nota zero. Lamentável. | Denuncie |

Autor: Júlio Albuquerque
Infelizmente, esse é o retrato de muitos servidores públicos do Brasil. Um bando de ignorantes, que não servem ao público como deveriam e, pior, acham que estão fazendo algum favor em prestar o serviço. Sou servidor público também, mas me envergonho pelos maus exemplos de muitos por aí afora. | Denuncie |

Autor: Daniel Moreira
Só a receita? Todos os serviços públicos estão sucateados. Receita Federal é coisa de classe média, que conhece todos os direitos. Quero ver a matéria desse repórter nos hospitais públicos, onde existem os brasileiros pobres de verdade. Pobre repórter, terá de ter coração de pedra. | Denuncie |

Autor: carlos Catatau
Parabens pela iniciativa Correio. Essas mazelas no serviço público precisam ser mostradas. Se não sabem ou não querem atender bem, saiam e deem espaço pra quer quer/pode.. | Denuncie |

Autor: Anderson Lopes
Veja o BRB, tudo que não se deve fazer em banco é visto lá !!! Quer saber quando o pagamento do GDF saiu? É só ligar no BRB, se o sistema estiver fora do ar é por que o pagamento foi depositado!!! Gestão esse termo é quase um palavrão na alta diretoria do BRB! | Denuncie |

Autor: Evandro Leite
Também já fui muito desrespeitado na Receita Federal. Um vergonha mesmo! | Denuncie |

Autor: Anderson Lopes
Receita Federal é uma piada!! Brasil impostos de Suíça e serviços públicos de Bangladesh!! Povo acorda! reforma administrativa já! Fim da estabilidade,meritocracia, menos "burrocracia"!! Receita Federal é muito ágil em cobrar impostos, agora experimenta precisar algum serviço da aduana, vai mofar lá! | Denuncie |

Autor: MARCELO MASCARENHAS
Já tive essa experiência e posso garantir: os servidores da receita federal são os que atendem pior. | Denuncie |

Autor: Fabrício Reis
Quem nunca foi mal atendido pela Receita que atire a primeira pedra!! | Denuncie |

Autor: thais fernandes
Os funcionários públicos esquecem-se do óbvio: estão ali para servir. O povo é o seu patrão. Não seria melhor menos Estado, menos funcionários públicos arrogantes, mais dinheiro na economia e menos corrupção? | Denuncie |

Autor: Dayse Granciero
Caro Diego Amorim, parabéns pela reportagem. Sou contadora e vivo quase que diariamente o desrepeito pelo atendimento ineficiente da Receita Federal e Junta Comercial. Cheguei a pensar que isso nunca seria denunciado em midia até que voce veio nos redimir, parabéns e obrigada por ser a nossa voz. | Denuncie |

Autor: valduleide visgueira
Essa matéria é sem dúvida de grande importância para o cidadão, pois denuncia uma infeliz verdade no funcionalismo público, evidente que existem exceções. Espero que essa reportagem alcance outros meios de divulgação e resulte em atitude de mudança com relação a qualidade do atendimento ao publico | Denuncie |

Autor: Vando Duran
Pois é, nós cidadãos quando perseguidos pelo governo, temos o direito de pedir asilo político. Quando vejo fatos assim me dá vontade de pedir "asilo moral", será que existe? de tanta vergonha, eu precisaria desse tipo de asilo em algum país sério e digno de se viver! BRASIL, UM PAÍS DE INJUSTIÇAS! | Denuncie |

Autor: Vando Duran
A gente não pode escolher onde nascer, infelizmente nasci nessa país terceiro mundista, cheio de malandros e caras-de-pau que comandam partidos políticos de dentro da cadeia. Coisas assim me dão nojo e vontade de poder morrer e ser enterrado num país digno para se viver. Eu preciso pedir asilo moral! | Denuncie |

Autor: ana
E a presidente do Sindicato da categoria conta o maior papo sobre o atendimento, em horario nobre na tv: o serviço na Receita é feito por auditores e funcionarios de mau humor, humilhando pessoas e idosos; lento e não estão nem aí para o publico contribuinte. | Denuncie |

Autor: Wanda Ribeiro
Um dos piores serviços públicos do Brasil! Embora os funcionários tenham ótimos salários, tratam a gente como burros ou lixo. Não adianta você chegar com um sorriso e um bom dia, é sempre maltratado! | Denuncie |

Autor: Tania Cunha
Enquanto isso, quem pagou impostos a mais, por falha da receita, tem de retificar as declarações, pagando o ônus do erro. | Denuncie |

Autor: CARLOS MELO
Existem pessoas que acham ser Deus. Os funcionários da Receita Federal tem certeza. A nossa nação é excelência em captar impostos, mas para aplicar... | Denuncie |

Autor: CARLOS MELO
Existem pessoas que acham ser Deus. Os funcionários da Receita Federal tem certeza. A nossa nação é excelência em captar impostos, mas para aplicar... | Denuncie |

Autor: Adriana. Alves
Parabéns Correio, por uma serie de reportagens tão verdadeiras. | Denuncie |

Autor: Manoel Junior
Solução: fim da ESTABILIDADE no serviço público. Denúncia Processo Administrativo = demissão. Quero ver se assim não aprendem a respeitar os cidadãos. | Denuncie |

Autor: Page Viewer
Diego Amorim, gostaria de parabenizá-lo pela excelente reportagem, digno de Prêmio Esso. O serviço público neste país é péssimo. Você ajudou a desvelar um pouco como é que as coisas no serviço público funcionam. Cadê as metas? Cadê os resultados? Cadê as demissões por incompetência e má gestão? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.